NO AR AGORA

Rádio Santana FM

Itaúna, 8 de maio de 2021

Foto: EVARISTO SA / AFP

 

O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, disse nesta terça-feira, 13/04, que 1,5 milhão de brasileiros estão com a segunda dose da vacina contra a Covid-19 atrasada.

 

Atualmente, duas vacinas estão sendo utilizadas na imunização: a Coronavac, que tem intervalo entre as doses de 21 a 28 dias, e a AstraZeneca Oxford, que tem maior eficácia quando a segunda dose é aplicada após três meses.

 

Durante café da manhã com jornalistas, Queiroga afirmou que o Ministério vai emitir uma lista, por Estado, das pessoas que ainda não tomaram a segunda dose. O trabalho de regularização será realizado em parceria com o Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass).

 

O ministro também afirmou que o governo pretende criar uma secretaria específica para as ações contra a Covid-19 no país. A pasta deve ter como titular a coordenadora do Programa Nacional de Imunização, Franciele Francinato.

 

 

Por O Tempo