NO AR AGORA

Rádio Santana FM

Itaúna, 25 de novembro de 2020

Padre nilo missa 6

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Eram por volta das 20:30, dessa sexta 11 de março de 2016, quando veio a notícia que todos não queriam receber. Após 86 anos de existência deixava a vida terrena Nilo Caetano Pinto, o conhecido e amado Padre Nilo.

Como é de merecimento de todos aqueles que caminham de forma retilínea em sua vida e no caso em especial de Padre Nilo, transitando pela vida comum como homem, esposo, pai de uma prole de oito filhos e como sacerdote, discípulo de Jesus e condutor de um número bem maior de filhos cristãos, Nilo recebeu homenagens especiais em seu último encontro, agora apenas em corpo, com familiares, fieis e sacerdotes na manhã deste sábado 12 na Igreja do Bairro das Graças.

Uma centena de pessoas desde as primeiras horas do dia entraram e saíram da Igreja, alguns permanecendo algum tempo, quando conhecidos, confortavam os familiares outros apenas cantavam hinos de louvor e faziam preces silenciosas em intenção do Pastor de almas Padre Nilo.

Homenagens de várias paróquias e igrejas foram enviadas em forma de coroas que adornaram o salão principal da igreja, além dos próprios fieis de várias comunidades religiosas.

Vereadores e ex-vereadores, integrantes do governo municipal, historiadores, empresários, donas de casa, crianças, jovens, idosos, todos que enfim conheciam de alguma maneira Padre Nilo compareceram à Igreja do Bairro das Graças para lhe prestar as últimas homenagens.

O Bispo Diocesano Dom José Carlos veio especialmente de Divinópolis para trazer suas preces e seu conforto aos familiares, alguns apenas apertavam-lhe a mão, os mais emocionados com o luto e com a honra de sua presença na tão dolorosa cerimônia de despedida, abraçavam-no e em prantos lamentavam a dolorosa perda recebendo suas palavras de conforto.

As 10 horas da manhã a igreja do bairro das graças já acomodava dezenas de fiéis que chegaram para assistir a primeira missa de corpo presente que foi celebrada justamente pelo Bispo Diocesano Dom José Carlos, que enalteceu sobremaneira as qualidades de homem, pai de família e sacerdote de Padre Nilo. Dom José narrou parte de sua convivência mesmo antes de sua vida sacerdotal com Padre Nilo e o aprendizado adquirido com seus conselhos, bem como sua importância como servo de Deus na condução de sua missão sacerdotal, enaltecendo sobremaneira sua bondade, generosidade e humildade.

Juntamente como Dom José Carlos, outros vinte (20) sacerdotes acompanharam paramentados e no altar, a celebração de despedida do irmão de sacerdócio Padre Nilo.

Uma segunda missa acontecerá as 14 horas e antecederá ao funeral e sepultamento que acontecerá no cemitério central, esta será celebrada pelo Bispo Emérito Dom José Belvino do Nascimento que fez ele próprio, segundo nos informou Dom José Carlos, questão de vir celebrar uma missa em despedida a Padre Nilo, que recebeu a ordenação de suas mãos. 

 

 

 

Padre nilo enterro 2Padre nilo missa 4

Padre nilo enterro 3