NO AR AGORA

Rádio Santana FM

Itaúna, 28 de setembro de 2020

Sampaoli seria um dos alvos do Atlético para a próxima temporada – Foto: Ivan Storti/Santos

 

O Atlético oficializou nesta quarta-feira que Vágner Mancini não seguirá como técnico do time em 2020. O vínculo se encerra em 31 de dezembro e não será renovado. Sucessor de Rodrigo Santana, Mancini esteve à frente do Galo em 13 jogos no Campeonato Brasileiro e conseguiu 43,58% de aproveitamento, com quatro vitórias, cinco empates e quatro derrotas.

“Em comum acordo entre as partes, o contrato com o treinador não será renovado”, informou o clube.

Encerrado o ciclo de Mancini, o Atlético trabalha nos bastidores para anunciar o comandante de 2020. O nome mais forte no momento é do argentino Jorge Sampaoli, conforme informou a rádio 98FM, de Belo Horizonte.

Durante participação no programa Bastidores, da Rádio Itatiaia, o presidente atleticano Sérgio Sette Câmara fez suspense ao ser indagado sobre conversas com Sampaoli.

“Sampaoli, não posso falar nem que sim, nem que não. Por enquanto, não vamos tratar desse assunto. O Atlético está procurando um profissional não só para treinar o time, mas utilizar a base, revelar jogadores e que tenha visão moderna do futebol”, disse.

Em outro ponto da entrevista, Sette Câmara foi perguntado sobre Sampaoli e Carille, e negou contatos com os dois. Mas, ao detalhar, falou apenas do ex-treinador do Corinthians.

“Não fizemos contato com nenhum desses dois. Há dois meses, saiu uma notícia, em um blog, cravando o Carille fechado. E nem tinha tido conversa. Então, é o seguinte, no Atlético a gente só anuncia com a tinta no papel. Antes disso, não. Ainda que a gente esteja aqui e ali conversamos, só vamos anunciar quando estiver tudo fechado”, disse.

Jorge Sampaoli se despediu oficialmente do Santos nesta quarta-feira, depois de conduzir o clube ao segundo lugar no Campeonato Brasileiro. O Palmeiras é um dos principais interessados em sua contratação para 2020.

Por Uai