NO AR AGORA

Rádio Santana FM

Itaúna, 12 de julho de 2020

Ministério da Economia fiscaliza siderúrgica em Divinópolis – Foto Reprodução

 

O Ministério da Economia realizou nesta quarta-feira (8) uma fiscalização na siderúrgica onde ocorreu uma explosão que causou a morte de dois trabalhadores em Divinópolis. A Polícia Civil segue com as investigações e com as oitivas das testemunhas do caso.

De acordo com a Polícia Civil, um dos funcionários que era tratado como terceiro ferido, na verdade, ficou em estado de choque. Ele já voltou a trabalhar e deve ser ouvido nesta quinta-feira (9) na Delegacia.

Fiscalização

Durante a fiscalização, os auditores do Ministério da Economia vistoriaram a siderúrgica na busca por indícios que apontassem as causas do acidente. Até o momento nenhuma irregularidade foi detectada.

Ainda segundo a auditora, com as primeiras informações já é possível entender o que ocorreu no momento do acidente.

A Polícia Civil informou que como parte das investigações, algumas testemunhas foram ouvidas nesta semana. Entre as pessoas que prestaram depoimento estão o técnico em segurança do trabalho e um dos donos da empresa.

Explosão

A siderúrgica fica às margens da BR-494. No acidente, dois funcionários ficaram feridos. Eles tiveram mais de 80% dos corpos queimados, chegaram a ser transferidos para o Hospital João XIII, em Belo Horizonte, mas não resistiram aos ferimentos e morreram dias depois.

Por G1