NO AR AGORA

Rádio Santana FM

Itaúna, 2 de dezembro de 2020

O país atingiu a marca de mais de 1 milhão de casos no último 19 de junho – Foto reprodução

 

Em menos de um mês, Brasil quase dobrou o número de casos confirmados de infecção pelo coronavírus e, nesta quinta-feira (16), atinge a marca de mais de 2 milhões de pessoas com a doença. O país atingiu a marca de mais de 1 milhão de casos no último 19 de junho, quando somava 1.032.913 diagnósticos. Após 27 dias, esse número saltou para 2.012.151, com 979.238 novos casos nesse período.

O número de mortes aumentou 56,6%, indo de 48.954 naquela data, para 76.688 nesta quinta. Nas últimas 24h, foram confirmados 45.403 novos casos de coronavírus e houve 1.322 mortes registradas, segundo atualização do Ministério da Saúde.

 

Ministério da Saúde alega estabilização

De acordo com a pasta, houve estabilização no número de novos casos de coronavírus na última semana epidemiológica (SE) em relação à anterior. (As datas específicas que delimitam as semanas epidemiológicas podem ser conferidas neste link). Contudo, a média de infecções por é alta, acima de 37 mil casos por semana.

Situação parecida ocorre nos dados de óbitos por SE: estável nesta semana em relação às anteriores, mas com números ainda altos. Média é de mais de 1 mil mortes registradas por dia no país. As informações foram apresentadas em coletiva de imprensa nessa quarta-feira (14).

Média diária de casos registrados

SE 28: 37.549
SE 27: 37.620
SE 26: 35.155
SE 25: 31.009

Média diária de óbitos registrados

SE 28: 1.029
SE 27: 1.028
SE 26: 1.013
SE 25: 1.037
Vítimas

Homens negros são os mais afetados pelo coronavírus no Brasil, de acordo com o Ministério da Saúde. Em relação às hospitalizações, pretos e pardos são 35,9% dos casos. Nos óbitos, a situação é ainda mais grave: essa população representa 40% das fatalidades por Covid-19 no país. Internações de pessoas brancas representa 28,4% do total e, de mortes, 25,2%.

 

Recuperados

O Brasil tem 1.296.328 pessoas recuperadas do coronavírus de acordo com o Ministério da Saúde. Outros 639.135 pacientes são acompanhados por profissionais de saúde em todo o país, ressalta a pasta.

 

Mundo

Há 13,6 milhões de pessoas infectadas no mundo pelo coronavírus e 586 mil mortes causadas pela Covid-19, segundo balanço contínuo da universidade norte-americana Johns Hopkins. Os Estados Unidos estão na liderança em ambos aspectos da pandemia, com 3,5 milhões de infectados e 138 mil óbitos. O Brasil continua como segundo colocado no ranking da instituição.

 

Minas Gerais

Um dia após a data prevista pelo governo estadual para o pico de contágio em Minas, estado soma 84.470 casos de coronavírus e 1.834 mortos nesta quarta. Nas últimas 24 horas, foram 2.460 novos diagnósticos e 82 óbitos causados pela Covid-19, segundo a Secretaria de Estado da Saúde (SES).

Por O Tempo