NO AR AGORA

Rádio Santana FM

Itaúna, 9 de maio de 2021

 

Minas Gerais teve 83 mortes em 24 horas, totalizando 32.497 desde o início da pandemia  – Foto REUTERS

 

 

Com 3.086 mortes nas últimas 24 horas, o Brasil chegou a um total de 395.022 vidas perdidas para a COVID-19 desde o ano passado. A taxa de mortalidade é de 188 por 100 mil habitantes. Os dados são do Conselho Nacional dos Secretários de Saúde (Conass).

 

No domingo (25/4), o país superou, nos primeiros quatro meses de 2021, o total de mortes contabilizadas em todo o ano passado, quando 194 mil pessoas não resistiram a complicações da doença. O ano atual já contabiliza 195,8 mil vítimas da doença.

 

Abril também se tornou o mês mais letal da pandemia, superando os mais de 66 mil óbitos registrados em março. Desde o dia 1º, foram contabilizadas 73,6 mil vidas perdidas.

 

Nas últimas 24 horas, mais de 72 mil pessoas contraíram o vírus no Brasil. O total de contaminados chega a quase 14,5 milhões em todo o país.

 

São Paulo chegou às 93.842 mortes depois de registrar 1.044 desde o último balanço. Até o momento, foram 2.856.225 casos registrados.

 

O Rio de Janeiro teve 361 vítimas por COVID-19 nas últimas 24 horas. Os óbitos confirmados no estado chegam a 43.228 no total. Com mais 4,3 mil casos, os números oficiais apontam para 729 mil contaminados.

 

Minas Gerais teve 83 mortes em 24 horas, totalizando 32.497 desde o início da pandemia. Foram 1.330.018 infectados até agora, sendo quase 5 mil nas últimas 24 horas.

 

Por Uai