NO AR AGORA

Rádio Santana FM

Itaúna, 6 de abril de 2020

O caso suspeito de coronavírus investigado em Belo Horizonte foi descartado nesta quinta-feira (13). A informação foi confirmada pela Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais (SES-MG) em boletim divulgado nesta tarde. O Ministério da Saúde informou, nesta tarde, que o Brasil tem seis casos suspeitos de coronavírus.

A paciente é uma mulher de 49 anos, que mora em Xangai, na China, e que esteve nas Filipinas entre os dias 19 e 31 de janeiro. Ela chegou ao Brasil em 1º de fevereiro.

Segundo a Secretaria, nesta quinta a mulher continuava internada em um hospital da rede suplementar da Região Metropolitana de Belo Horizonte. As amostras laboratoriais da paciente não apontaram a presença do coronavírus.

De acordo com o Ministério da Saúde, é considerado caso suspeito se o paciente apresentar febre e ao menos um sintoma respiratório (como tosse, dificuldade para respirar, entre outros) e também se viajou à China nos últimos 14 dias ou se teve contato próximo com alguém que tem suspeita ou é um caso confirmado de coronavírus.

O Ministério da Saúde atualizou a situação dos casos suspeitos do coronavírus 2019 n-CoV no Brasil nesta quinta-feira (13). Seis pessoas estão sob análise das autoridades de saúde – três delas em São Paulo, uma no Paraná e duas no Rio Grande do Sul. Nenhum caso da doença foi confirmado no país.

Desde o início do monitoramento do ministério, 40 casos foram descartados no Brasil. De acordo com a pasta, os pacientes que ainda estão em investigação são três mulheres e três homens. A média de idade é 20 anos e todos têm histórico de viagem para a China, mas não estiveram em Wuhan, epicentro da doença.