NO AR AGORA

Rádio Santana FM

Itaúna, 22 de outubro de 2019

 

Segundo os dados do Boletim Epidemiológico da Secretaria de Estado de Saúde, atualizados nesta segunda-feira, 07 de outubro, Itaúna registrou um ligeiro aumento nos casos prováveis de Dengue na cidade. A cidade que estava com 732 casos prováveis da doença, agora registra 735 casos.

 

O número de casos prováveis é considerado como taxa de incidência muito alta pela secretaria de estado de saúde.

 

Divinópolis, a maior cidade da região e sede da Superintendência Regional de Saúde (SRS), registrou um tímido aumento dos casos prováveis de dengue, antes com 4.097 agora com 4.100 casos. A cidade registrou a terceira morte pela doença. Luz e Pará de Minas que também ficam no Centro-Oeste de minas tiveram ambas o primeiro óbito registrado.

 

A primeira morte registrada em Divinópolis foi de uma menina de 11 anos. Ela era portadora de paralisia cerebral, gastrostomia e Doença Pulmonar Crônica Obstrutiva (DPOC). A vítima deu entrada na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) no dia 18 de maio deste ano e evoluiu para óbito no dia 21 do mesmo mês.

 

A segunda morte, foi de uma idosa de 81 anos que deu entrada no Complexo de Saúde São João de Deus (CSSJD) no dia 17 de maio e veio a óbito no dia 26 do mesmo mês.

 

Nova Serrana continua como a cidade da região com mais casos prováveis da doença registrados, mesmo após o número de casos na cidade ter diminuído chegando a 4.486 casos.

 

A taxa de incidência da doença considera não apenas o número absoluto de casos prováveis (entre suspeitos e sob investigação), mas também a proporcionalidade dos casos em relação ao tamanho da população de um determinado município.

 

 

Mortes por Dengue

 

Em 2019, até na última segunda (07 de outubro), o Estado de Minas Gerais registrou 481.294 casos prováveis (casos confirmados + suspeitos), foram confirmados 144 óbitos por dengue no estado, divididos em 45 cidades. Mais 110 óbitos ainda estão em investigação para confirmar se a causa da morte realmente foi dengue.

 

 

Chikungunya

 

Em Itaúna 03 casos prováveis de Chikungunya continuam sob investigação para confirmação da doença. Em Minas o número de casos prováveis de Chikungunya aumentaram, chegando a 2.748 casos.

 

 

Zika

 

Foram registrados também uma diminuição nos casos prováveis de Zika vírus na cidade, após mais casos suspeitos serem descartados em Itaúna, que agora tem apenas um caso que continua sob investigação para saber se realmente é um caso da doença. No estado o número de casos prováveis caiu de 769 para 758.