Centro-Oeste tem 3ª morte confirmada por dengue

26/05/2022 | Centro-Oeste

 

No momento Itaúna tem 61 casos prováveis e uma morte confirmada por dengue- Foto Divulgação PMI

 

 

O boletim epidemiológico de monitoramento da dengue, chikungunya e zika, divulgado nesta segunda-feira (24) pela Secretaria Estadual de Saúde (SES-MG), apontou a terceira morte por dengue Centro-Oeste de Minas. O registro foi em Oliveira.

 

O compilado do estado também mostrou que são 6.149 casos prováveis de dengue na região desde o início do ano.

 

São 670 novos casos suspeitos de dengue em comparação com o boletim anterior, que registrou 5.479 casos prováveis da doença. A região ainda tem duas mortes por dengue confirmadas.

 

Sobre os casos prováveis de chikungunya, a região saltou de 69 para 102 casos. Sobre a zika, há dois registros de casos prováveis.

 

Dengue

 

Conforme a SES-MG, Piumhi tem 1.538 casos prováveis de dengue; o município segue com o com maior número de casos na região. Em seguida, aparece Nova Serrana com 1.031; Luz com 722; e Carmópolis de Minas com 434 casos prováveis da doença. Há mortes registradas em Itaúna, São Roque de Minas, e, agora, em Oliveira.

 

Até dia 24 de maio, Minas Gerais registrou 71.978 casos prováveis (casos notificados, exceto os descartados) de dengue. Deste total, 33.459 casos foram confirmados para a doença. Dezesseis óbitos foram confirmados e outras 50 mortes são investigadas, até o momento.

 

Zika e chikungunya

 

Conforme a SES-MG, em relação à febre chikungunya, foram registrados 6.366 casos prováveis da doença em Minas Gerais. Do total, 2.963 foram confirmados. Até então, não há nenhum caso de óbito confirmado por chikungunya no estado, e um segue em investigação.

 

Na região Centro-Oeste, Formiga é a cidade com maior número de casos na região, com 44 registros. Lagoa da Prata tem 31 casos, Itaúna tem 10 casos, Bom Despacho tem sete casos e Divinópolis tem quatro. Nova Serrana, Pará de Minas, Pimenta e Quartel Geral aparecem com um caso cada.

 

Quanto ao vírus zika, foram registrados 68 casos prováveis em MG, sendo 12 confirmados para a doença. Não há óbitos no estado pela doença até o momento.

 

No Centro-Oeste, foi registrado um caso de zika em Araújos e outro em Carmópolis de Minas.

 

 

Casos prováveis de dengue, chikungunya e zika no Centro-Oeste

Cidade Dengue Óbitos confirmados Chikungunya Zika
Abaeté 129
Araújos 26 1
Arcos 99
Bom Despacho 425 7
Candeias
Capitólio 354 2
Carmo da Mata 1
Carmo do Cajuru 20
Carmópolis de Minas 434 1
Cedro do Abaeté 8
Cláudio 6
Córrego Danta 6
Córrego Fundo 2
Divinópolis 203 4
Dores do Indaiá 6
Formiga 157 44
Igaratinga 13
Iguatama 18
Itapecerica 2
Itaúna 61 1 10
Lagoa da Prata 63 31
Leandro Ferreira 6
Luz 722
Martinho Campos 51
Moema 2
Nova Serrana 1.031 1
Oliveira 91 1
Onça de Pitangui 5
Pains 11
Papagaios 13
Para de Minas 72 1
Passa Tempo 34
Pedra do Indaiá 2
Pequi 5
Perdigão 10
Pimenta 133 1
Pitangui 32
Pedra do Indaia 2
Piumhi 1.538
Pompéu 5
Quartel Geral 4 1
Santo Antônio do Monte 48
São Francisco de Paula 14
São Gonçalo do Pará 32
São Sebastião do Oeste 2
São Roque de Minas 249 1
São Sebastião do Oeste 2
Total 6.149 3 102 2
Com informações do G1 

Veja também