NO AR AGORA

Rádio Santana FM

Itaúna, 30 de novembro de 2020

Com os novos registros, total de casos confirmados da doença no país já passa de 2,2 milhões – Foto reprodução Divinópolis

 

O Brasil chegou a 82.771 mortes – confirmadas – causadas pela COVID-19, segundo dados do Ministério da Saúde. O país registra 2.227.514 ocorrências da doença.

Nas últimas 24 horas, foram confirmados mais 1.284 óbitos e um aumento de 67.860 pessoas contaminadas, recorde absoluto desde o início da pandemia.

A quantidade de novas ocorrências da doença deu um salto desde o último boletim epidemiológico, emitido nessa segunda-feira, quando foram registrados 41.008 casos em 24h.

O recorde de casos havia sido anotado no dia 19 de junho, quando foram confirmadas 54.771 ocorrências da doença

O total de brasileiros recuperados do coronavírus é de 1.532.138.

 

COVID-19 em Minas Gerais

Com o registro de 95 mortes pela COVID-19, nas últimas 24 horas, Minas chegou a 2.166 no total. De acordo com o balanço epidemiológico, divulgado pela Secretaria de Estado de Saúde (SES), nesta quarta (22), são 98.741, um aumento de 3.175 em um dia.

As 95 mortes configuram um recorde desde a chegada do novo coronavírus a Minas. O maior número de óbitos havia sido registrado, em 9 de julho, com a morte de 90 pessoas.

Embora o pico da doença estivesse projetado para 15 de julho, o secretário de Estado de Saúde, Carlos Eduardo Amaral, afirma que a curva da doençaentrou em um platô, com a manutenção de um patamar no número de casos e mortes. De segunda para quarta, a SES registrou 22 mortes, o que poderia indicar tendência de queda, o que não se confirmou no balanço de quarta.

Vidas perdidas

Belo Horizonte registrou 21 mortes, em 24 horas, totalizando 398. Jão são 13.691 casos. As outras mortes foram confirmadas em Leopoldina, Recreio, Cataguases (2), Frutal, Iturama, Santa Juliana (2), Pirajuba, Araxá, Uberlândia (6), Ipatinga, Caratinga, Timóteo (2), Bom Jesus do Galho, Coronel Fabriciano, Ipatinga (3), Timóteo, Caratinga, Ponto dos Volantes, Novo Oriente de Minas, Teófilo Otoni, Nanuque (2), Ataléia, Fruta de Leite, Montes Claros, Espinosa, Juiz de Fora, Matias Barbosa, Betim (9),Contagem (8), Esmeraldas, Ribeirão das Neves (9), Sabará, Santa Luzia, Itapeva, Alfenas (3), Unaí (2), Riacho dos Machados e Janaúba

 

Do Uai