NO AR AGORA

Rádio Santana FM

Itaúna, 12 de dezembro de 2019

Foto: Jornalismo Santana FM/

 

A festa do reinado já faz parte da história de Itaúna, e é comemorada tradicionalmente no dia 15 de agosto, dia de Nossa Senhora do Rosário.

Os primeiros registros sobre a tradição da Festa de Nossa Senhora do Rosário em Itaúna datam de 1853, quando ocorreu as trocas da Matriz de Itaúna para uma antiga capela dedicada à Nossa Senhora do Rosário, situada na atual praça da Matriz. A existência desta capelinha dedicada à Nossa Senhora do Rosário nos é apontada por João Dornas Filho, na página 22 do livro “Itaúna – contribuição para a história do município”.

Em Itaúna, ocorreu uma ruptura entre os negros que faziam a Festa de Nossa Senhora do Rosário. Foi por este motivo que eles, proibidos de entrarem na Capela de Nossa Senhora do Rosário, deixaram de pertencer a Irmandade de Nossa Senhora do Rosário e fundaram uma nova Irmandade denominada de Irmandade das Sete Guardas e construíram ao lado do antigo templo uma nova capelinha onde continuaram a realizar a Festa de Nossa Senhora do Rosário. Com o tempo estas duas Irmandades passaram a conviver novamente e voltaram a organizar os festejos em conjunto.

Fitas coloridas, roupas trabalhadas, bandeiras, reisados e procissões: os grupos se encontram, se apresentam, se festejam. A cidade se transforma em um tear de histórias trançadas diante dos olhos e ouvidos atentos.

Uma das principais narrativas celebradas nos Congados é a da aparição de uma imagem de Nossa Senhora do Rosário no mar, na época da escravidão: conta-se que a imagem apareceu no mar e os brancos tentaram tirá-la da água sem sucesso várias vezes, foi então que permitiram que negros tentassem e eles, com seus tambores, danças e simpatias, conquistaram a confiança de Nossa Senhora do Rosário que veio para a praia.

Para muito além da beleza, as festas de Congadas são procissões de fé de povos que, utilizando-se de uma estética da sobrevivência, afirmam entre si a possibilidade de uma estrutura social que tenha tambores no centro e homens e mulheres afro-brasileiros coroados como reis e rainhas.

Confira a Programação:

05 a 10 de agosto

19h- Orações da Novena Devocional, seguida da Proclamação do Evangelho e Comunhão Eucarística

No dia 11 de agosto

Abertura da Semana Nacional da Família, com concentração na Praça da Matriz de Santana e caminhada da família em direção à Capela Nossa Senhora do Rosário às 08h.

As 09h – Santa missa com o Padre Everaldo Quintino Ferreira

As 19h – Orações da Novena Devocional, seguidas da Proclamação do Evangelho e Comunhão Eucarística

12 de agosto

Missa as 19h presidida pelo Pe. Guilherme de Silveira Machado

13 de agosto

Missa com o Padre Gilmar Pinheiro Marques, as 19h

14 de agosto

As 19h, Santa Missa presidida pelo Padre Marcelo Geraldo de Oliveira. Após a celebração haverá o levantamento das bandeiras.

No dia 15 de agosto:  grande festa de Nossa Senhora do Rosário

As 07h, haverá o café comunitário na Casa da Rainha de Santa Efigênia, Dona Sãozinha, no Bairro Santo Antônio e também no Bairro das Graças, na cada da Dona Maria Ana, no bairro das Graças.

As 09h Santa Missa presidida pelo Padre Everaldo Quintino Ferreira

No final da Celebração, será realizada a procissão com andar de nossa senhora do rosário contornando a pracinha que abriga a igreja do rosário e a sede das Sete Guardas.

9h cortejo das guardas com os andores dos santos patronos do reinado, saindo da casa da rainha de Santa Efigênia, Conceição Basílio ( Dona Sãozinha). Após a procissão pagamento de promessas.

18- Concentração das Guardas em frente ao altar para a celebração da santa missa com o Padre Amarildo José de Melo. Após a Missa haverá pagamento de promessas

16 de agosto

A partir das 19h, acontece o pagamento de promessas pelas guardas de reinado pelas irmandades do rosário e sete guardas

17 de agosto

19h – Concentração das guardas em frente ao altar para celebração da Santa Missa de encerramento da festa, presidida pelo Padre Everaldo Quirino de Almeida