NO AR AGORA

Rádio Santana FM

Itaúna, 18 de junho de 2021

O cartório orienta que o atendimento virtual seja priorizado. – Foto: Reprodução

 

 

Devido à persistência da pandemia de covid-19, o Cartório Eleitoral informou está atendendo apenas por meio da internet, por aplicativo, por e-mail ou por telefone.

 

O atendimento pela internet é feito pelos sites www.tse.jus.br, para impressão de certidões diversas, e www.tre-mg.jus.br, para atendimento eletrônico e para fazer o título de eleitor pela primeira vez, transferi-lo ou atualizar os dados do cadastro eleitoral.

 

O e-mail do cartório é o zona140@tre-mg.jus.br, que poderá ser utilizado para dúvidas, reclamações e para auxiliar na utilização do aplicativo ou no preenchimento dos formulários da internet. O cartório informou ainda que o título de eleitor não é mais impresso, por esse motivo, é necessário baixar o aplicativo e-Título para acesso ao título de eleitor digital

 

Já o atendimento por telefone é feito através do (37) 3241 1080, das 12h30min às 18h, de segunda a sexta-feira. O cartório eleitoral orienta que seja dada preferência aos outros meios de contato, deixando o telefone apenas para os casos de urgência ou para pessoas que tenham dificuldades no uso dos demais meios de contato. Além disso, no caso de agravamento da pandemia, o horário de atendimento por telefone poderá ser alterado.

 

Serviços do Cartório

 

O cartório informou também sobre o funcionamento de alguns serviços, tais como cadastramento biométrico, pagamento de multas, etc.

 

Segundo o cartório, o cadastramento biométrico eleitoral (biometria) está suspenso, enquanto durar a pandemia de covid-19. Portanto, se você ainda não cadastrou sua biometria no cartório eleitoral, aguarde até o final da pandemia.

 

Além disso, o Tribunal Superior Eleitoral – TSE – suspendeu, durante a pandemia, o pagamento da multa para quem não votou e não se justificou nas eleições de 2020. Portanto, caso você não tenha votado e nem se justificado nessa última eleição, não se preocupe. Você poderá quitar a multa após a pandemia. Até lá, você está quite com a Justiça Eleitoral.

 

Para quem não votou e nem se justificou em eleições anteriores à de 2020, as multas ainda são devidas. O eleitor poderá imprimir o boleto no “site” da Justiça Eleitoral e quitá-lo no Banco do Brasil, para recuperar a sua quitação eleitoral.

 

Caso o eleitor esteja ou tenha estado no exterior desde a data das eleições e ainda esteja no exterior ou tenha voltado ao Brasil nos últimos 30 dias, é possível solicitar a Justificativa por não ter votado por meio do Sistema JUSTIFICA, disponível na página do TSE na internet.

 

Vale lembrar que não é necessário realizar esse procedimento em relação às eleições de 2020, que foram regularizadas automaticamente pelo TSE, enquanto durar a pandemia.