NO AR AGORA

Rádio Santana FM

Itaúna, 6 de dezembro de 2020

Em 24 horas, estado registrou mais de 3 mil ocorrências de coronavírus e 59 óbitos – Arte foto O Tempo

 

Minas Gerais bateu a triste marca de 70 mil casos confirmados de coronavírus, nesta sexta-feira. De acordo com o boletim epidemiológico divulgado pela Secretaria Estadual de Saúde, o estado já registrou 70.086 pacientes infectados pela COVID-19, sendo 3.222 casos notificados à pasta nas últimas 24 horas. Ao todo, 1.504 pessoas morreram pela doença, sendo 59 óbitos de ontem para hoje.

A taxa de letalidade de Minas está em 2,1%. De acordo com o boletim, em 83% dos óbitos causados pela COVID-19, pelo menos uma comorbidade foi confirmada nos pacientes. A maioria das vítimas (1.137) tinham mais de 60 anos. Ao todo, 158 óbitos encontram-se em investigação.

Ainda segundo a Secretaria Estadual de Saúde, 45.145 pacientes se recuperaram da doença em Minas.

Belo Horizonte segue como a cidade com mais casos de COVID-19 de Minas. A capital se aproxima dos 10 mil casos confirmados. De acordo com o boletim desta sexta, BH tem 9.732 ocorrências de coronavírus e 246 mortes. Uberlândia, no Triângulo Mineiro, vem em seguida, com 8.489 pacientes infectados e 136 óbitos.

Das 59 mortes, 23 ocorreram em Belo Horizonte. Oito óbitos foram registrados, respectivamente, em Além Paraíba e Juiz de Fora, cidades da Zona da Mata mineira.

Outros municípios que contabilizaram mortes foram Santo Antônio do Aventureiro, Estrela Dalva, Leopoldina, Palmópolis, Uberaba, Delta, Uberlândia, Montes Claros, Matias Barbosa, Poços de Caldas, Timóteo (2), Caratinga, Jesuânia, São Geraldo, Paracatu, Barbacena, Ouro Branco, Ponto dos Volantes, Ponte Nova, Três Marias e Jequitibá.

Minas se aproxima dos 90% municípios com, ao menos, um caso confirmado de coronavírus. Até esta sexta, 752 cidades do estado estão no ‘mapa’, o que representa 88% do território mineiro. Já em relação aos óbitos, 293 localidades já registraram mortes por COVID-19, ou seja, 34%.

 

Do Uai