NO AR AGORA

Rádio Santana FM

Itaúna, 22 de outubro de 2019

Fonte: Jornal O Tempo

 

Ao menos três pessoas ficaram feridas após uma tentativa de assalto a bancos em Uberaba, no Triângulo Mineiro, na madrugada desta quinta-feira, 27 de junho. Segundo a Polícia Militar (PM), as vítimas são civis. Entre elas está uma mulher, de 22 anos, que foi baleada na cabeça e está em estado grave. Ainda segundo a corporação, pelo menos uma criança e um motorista de caminhão são mantidos reféns. A polícia cercou os criminosos na BR-262, entre Araxá e Uberaba, e negocia a rendição e liberação dos reféns.

Segundo as primeiras informações da corporação, por volta das 4h, entre 25 e 30 homens chegaram na cidade em vários carros e colocaram explosivos no Banco do Brasil e no Itaú, no bairro Nossa Senhora da Abadia. Pelo menos três explosões foram ouvidas.

De acordo com o porta-voz da corporação, major Flávio Santiago, em entrevista à rádio Super, os bandidos, que chegaram atirando e usaram até mesmo caminhões como barricadas para se defender durante o tiroteio.

“Por volta das 4h, entre 25 a 30 indivíduos passaram por pontos de Uberaba aparentemente com a intenção de explodir bancos. A PM se aproximou e houve uma intensa troca de tiros, não recuando em momento algum”, explicou o major, completando que os bandidos usaram veículos pesados para se protegerem. “Eles estavam em caminhonetes e, na agência do Banco do Brasil, um caminhão foi colocado como espécie de barricada”, complementou.

Em um primeiro momento, a Polícia Militar chegou a informar que uma idosa veio a óbito após ser baleada e perder muita massa encefálica. Posteriormente, moradores do local informaram que a vítima se trata de mulher, de 22 anos, que estava em um posto de gasolina. Seu estado de saúde é considerado grave.

 

Cerco

Ainda segundo o major, militares das regiões limítrofes e até mesmo de São Paulo estão empenhados na captura dos infratores.

“Temos designados mais 20 militares do Batalhão de Operações Especiais (BOPE), que foram de helicóptero para a região. A população pode ficar tranquila que estamos firmes no cerco. Temos mobilizados militares de todo Sul do Estado, Triângulo, Alto Paranaíba, e acreditamos que nas próximas horas teremos notícias desses criminosos”, explicou.

Segundo o major, até mesmo militares de São Paulo auxiliam nas buscas pelos bandidos.

“Temos todo um sistema de inteligência empenhado e até mesmo militares de São Paulo nos auxiliam nas buscas pelos bandidos”, completou.

Na BR-262, entre Araxá e Uberaba, a PM conseguiu interceptar cerca de 10 bandidos. Eles fazem uma criança e um motorista de caminhão de reféns. A corporação negocia com eles a rendição. Os infratores pedem a presença da imprensa no local.

 

Aulas suspensas

Em virtude dos acontecimentos, as aulas na rede municipal de Uberaba estão suspensas, conforme afirmou o prefeito da cidade, Paulo Piau (MDB), em entrevista à rádio Super. A medida abrange sobretudo a zona rural, uma vez que a polícia acredita que os criminosos tenham fugido para essa área.

“Acredita-se que esses bandidos evadiram para a zona rural. Eles estão cercados, acredita-se que eles tenham reféns. Suspendemos as aulas e o transporte público e o transporte escolar rural, para deixar a população com mais segurança”, afirmou o prefeito.

Paulo Piau destacou, ainda, que a recomendação é que as aulas na parte da manhã continuem suspensas, mas que o turno da tarde não deverá ser afetado.

As escolas particulares utilizam as redes sociais para avisar os alunos da suspensão das aulas.

Ainda segundo o chefe do executivo, o transporte público dentro da zona urbana foi retomado por volta das 8h30.

Esta matéria está em atualização