Cruzeiro cria pouco e é superado pela Chape

21/08/2020 | Esportes, Minas Gerais

Anselmo Ramon marcou o único gol da partida no Mineirão – Foto: Juarez Rodrigues/EM/D.A. Press

 

O Cruzeiro não conseguiu repetir o poder de reação de outros jogos e sofreu a primeira derrota na ‘era Enderson’. Depois de levar um gol da Chapecoense logo aos 10’, o time celeste controlou a posse de bola, mas sofreu com transições lentas e não conseguiu criar chances claras para empatar ou virar o placar em duelo pela quarta rodada da Série B. Anselmo Ramon, velho conhecido da torcida celeste, foi o protagonista da vitória dos catarinenses, por 1 a 0, no Mineirão.

Com a derrota em Belo Horizonte, o Cruzeiro perde a oportunidade de dar um salto na classificação da Série B do Campeonato Brasileiro e estaciona na 11ª posição. Embora tenha três vitórias, a equipe soma apenas três pontos, uma vez que iniciou a competição com menos seis em função da punição da Fifa pela dívida na contratação de Denilson, realizada em 2016.

Na quinta rodada, o compromisso do Cruzeiro é diante do Confiança. A partida está marcada para as 18h de domingo, na Arena Batistão, em Aracaju, Sergipe. A Chapecoense, por sua vez, medirá forças com Guarani, em jogo marcado para a Arena Condá, segunda-feira, às 20h.

 

Enderson admite primeiro tempo ‘muito ruim’, mas vê melhora na etapa final

 

“Fizemos um primeiro tempo muito aquém daquilo que a gente consegue fazer e fizemos um segundo tempo digno daquilo que a gente tem a capacidade de fazer. Tivemos o domínio completo, talvez um pouquinho mais de sorte, de acertar o último passe, de conseguir chegar e antecipar uma bola, a gente teria conseguido um gol”, explica Enderson.

A derrota para a Chape foi a primeira do Cruzeiro na competição. Nas rodadas anteriores, a Raposa venceu Botafogo-SP (2 a 1), no Mineirão, Guarani (3 a 2), no Brinco de Ouro, e Figueirense (1 a 0), no Orlando Scarpelli. O treinador admitiu tristeza do grupo com a quebra dos 100% na competição.

“A gente está chateado, triste, porque a gente sempre quer entregar para o nosso torcedor os três pontos, uma boa atuação. Nem sempre é possível”, lamentou o comandante.

O gol do jogo foi marcado pelo ex-cruzeirense Anselmo Ramon, aos 10 minutos do primeiro tempo. Embora tenha ficado com a posse da bola durante maior parte do confronto, a Raposa não criou nenhuma grande chance para empatar a partida.

 

Do Uai

 

 

 

Veja também