NO AR AGORA

Rádio Santana FM

Itaúna, 6 de dezembro de 2020

 

 

Especialista dá dicas e ressalta a importância de se ter atenção com equipamentos

 

Considerada a terceira melhor data para os comerciantes, o Dia das Crianças – comemorado em 12 de outubro – é momento também de atenção redobrada com a segurança da criançada. Isso porque muitos pais e familiares aproveitam a ocasião para presentear filhos, sobrinhos e afilhados com brinquedos – que em muitos casos são eletroeletrônicos. Apesar de parecerem inofensivos, esses equipamentos precisam ser monitorados com atenção para evitar acidentes envolvendo energia elétrica. Dessa forma, a Cemig lista uma série de cuidados para preservar a segurança das crianças e garantir o divertimento.

Segundo dados da Associação Brasileira de Conscientização para os Perigos da Eletricidade (Abracopel), apenas no primeiro semestre de 2020, aconteceram em todo o país 67 mortes de crianças e adolescentes de 0 a 15 anos. Não houve nenhum caso fatal em Minas Gerais.

De acordo com o gerente de Saúde e Segurança do Trabalho da Cemig, João José Magalhães Soares, alguns equipamentos, como DVD e Blu-Ray players, videogames, videokês, celulares e brinquedos com bateria interna recarregável precisam de atenção especial. “Os cuidados devem começar já na hora da escolha do presente, observando a faixa etária indicada, a voltagem do equipamento e outras questões ligadas à segurança”, afirma o especialista.

João José Magalhães Soares também destaca que os pais devem preferir brinquedos e equipamentos que possuam o selo do Inmetro, pois eles possuem manual de instruções com informações detalhadas de segurança, a garantia de checagem do órgão e inserção de forma clara da faixa etária para utilização.

Os celulares e os tablets também requerem muita atenção. É importante que as crianças não utilizem os dispositivos conectados na tomada. “Aparentemente inofensivos, esses equipamentos podem causar ocorrências graves, causando incêndios e até mesmo lesões por choques elétricos, que podem ser fatais. Por isso, eles nunca devem ser utilizados conectados na tomada”, alerta.

 

Outras dicas importantes para garantir a segurança das crianças

É preciso ficar muito atento às tomadas sem proteção. Os fios desencapados devem ser eliminados das residências. Não se deve ligar muitos aparelhos em uma mesma tomada. É necessário utilizar extensões adequadas para cada aparelho eletrodoméstico. Também é importante não utilizar equipamentos eletroeletrônicos em áreas molhadas. De acordo com o João José Magalhães Soares, todos esses cuidados são preventivos e fáceis de serem observados.

O especialista recomenda também que os pais utilizem protetores de tomada em toda a casa e não sobrecarreguem os benjamins.

“Além disso, é importante que o cliente instale um dispositivo diferencial residual. Esse dispositivo já é obrigatório pelas normas da ABNT desde 1997. O equipamento protege pessoas e animais contra o choque elétrico e sua instalação é simples, mas deve sempre ser feita por um eletricista”, explica.

O gerente de Saúde e Segurança do Trabalho da Cemig destaca ainda que o dispositivo detecta a fuga de corrente e desliga o circuito imediatamente, evitando o choque. “Dessa forma, mesmo que a criança coloque o dedo ou introduza algum material na tomada, ela estará protegida. Neste dia 12 de outubro nosso melhor presente será dar às crianças a possibilidade de uma brincadeira segura”, afirma.