NO AR AGORA

Rádio Santana FM

Itaúna, 23 de novembro de 2020

 

A Diocese de Divinópolis, atendendo a uma determinação do Papa Francisco, instituiu uma comissão para apurar possíveis denúncias de abuso contra crianças, adolescentes e deficientes.

 

De acordo com a Diocese, a Comissão tem a missão de ouvir e ajudar a esclarecer denúncias de possíveis crimes praticados por padres, diáconos, bispos, arcebispos e cardeais.

 

Integram a comissão dois padres, um advogado, uma psicóloga e uma assistente social. A diocese informou que as denúncias podem ser encaminhadas à comissão por meio de denúncia presencial, na Rua Mato Grosso nº503, Centro. Ou ainda, por meio do telefone (37) 3229-9300 ou, pelo e-mail tuteladiocese@diocesedivinopolis.org.br

 

Determinação

Conforme a Diocese, em carta apostólica de maio de 2019, o papa Francisco havia determinado que, até junho de 2020, instituições como as dioceses adotassem “procedimentos para prevenir e evitar esses crimes que atraiçoam a confiança dos fieis”.

 

A carta foi escrita em formato de “motu proprio”, que modifica a legislação interna da igreja, o direito canônico. Clérigos deverão encaminhar à comissão as denúncias de que tenham tomado conhecimento, sob pena de sanções não especificadas.

 

A exceção dessa norma fica por conta de confissões eclesiásticas. A medida também consta na carta do papa.

 

Por: G1