NO AR AGORA

Rádio Santana FM

Itaúna, 20 de junho de 2021

fiscalizacao carteira habilitaçao

 

 

 

 

A partir do dia 1º de julho deste ano o motorista de veículos com final de placa 1, 2 e 3 e que não portar o documento de licenciamento veicular relativo à 2015, passará a ser multado quando abordado por autoridades policiais em Minas Gerais. A informação foi divulgada pela Polícia Civil com base na portaria publicada pelo Departamento de Trânsito de Minas Gerais (Detran-MG).

Além de pagar a multa de R$ 191,54, o motorista que não tiver o novo documento acumulará sete pontos na carteira de habilitação e ainda terá o carro rebocado para um pátio, gerando ainda mais despesas para o infrator.

Já os proprietários de veículos com final de placa 4, 5 ou 6 só serão cobrados a partir do dia 1º de agosto. Quem tiver veículos com placas com final 7, 8, 9 ou zero terão que estar regularizados a partir de 1º de setembro.

Como fazer

Quem quiser verificar a situação junto ao Detran pode acessar o site www.detran.mg.gov.br ou ligar para o número 155. Para a pesquisa, é necessário que o proprietário tenha em mãos o número da placa e o número do chassi.

Os valores do IPVA variam de acordo com o veículo e ano de fabricação e podem ser consultados no site da Secretaria de Estadual de Fazenda (http://www.fazenda.mg.gov.br/empresas/impostos/ipva/consulta.htm). Já o DPVAT tem valor fixo por tipo de veículo, sendo R$ 105,65 para automóveis e R$ 292,01 para motocicletas.

As multas variam de acordo com a gravidade da infração, entre R$53,20 e R$1.915,40. A taxa de licenciamento, que venceu em 31 de março, está fixada em R$ 77,60. Tudo isso tem juros e multa em caso de atraso no pagamento.