NO AR AGORA

Rádio Santana FM

Itaúna, 25 de setembro de 2020

Pelo menos sete casos de pessoas internadas em hospitais de Belo Horizonte e em Juiz de Fora, na Zona da Mata, com quadro semelhante de insuficiência renal e alterações neurológicas, são investigados pela Secretaria de Estado de Saúde. Os casos ocorreram em dezembro e a investigação foi confirmada nesta terça-feira (7).

Segundo a Secretaria de Estado de Saúde, no dia 30 de dezembro, o Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde (CIEVS Minas) foi notificado da ocorrência de um caso de insuficiência renal aguda com alterações neurológicas de um paciente internado em hospital privado de Belo Horizonte.

Um segundo caso, com os mesmos sintomas, de um paciente internado em hospital de Juiz de Fora, foi notificado no dia 31, o que chamou a atenção das autoridades de saúde. Novos casos foram apurados e, até agora, são pelo menos sete pessoas internadas com os mesmos sintomas.

O caso mais antigo é do dia 19 de dezembro. Coincidentemente, são pacientes do sexo masculino, com idade entre 23 e 76 anos. Cinco deles moram em Belo Horizonte, um mora em Ubá e outro em Nova Lima.

Em geral, os sintomas se iniciam com náusea e/ou vômito e/ou dor abdominal, associados à insuficiência renal aguda grave de evolução rápida, em até 72 horas. Além disso, há alterações neurológicas, como paralisia facial e borramento visual. A média de dias entre o início dos primeiros sintomas e a internação foi de 2,5 dias.

Segundo a Secretaria de Estado de Saúde, a recomendação é, diante dos sintomas, procurar por unidade de saúde de sua cidade, que notificará ao CIEVs imediatamente os casos notificados. Exames laboratoriais estão sendo realizados na Fundação Ezequiel Dias (FUNED) e ainda não há resultados conclusivos.

Por G1