NO AR AGORA

Rádio Santana FM

Itaúna, 30 de novembro de 2020

Apenas 0,3% dos pacientes diagnosticados com coronavírus em Minas tinha menos de 1 ano. (Imagem ilustrativa) – Foto: Kelly Sikkema / Unsplash

 

Cinco crianças, inclusive dois bebês de menos de 1 ano, já morreram por causa do novo coronavírus em Minas até esta terça-feira (21).

Um bebezinho de menos de um ano morreu no dia 10 de julho em Nova Serrana – Centro-Oeste de MG. Seu óbito foi divulgado no boletim epidemiológico da Secretaria de Estado de Saúde desta terça-feira (21).

Outro bebê com menos de 1 ano morreu na cidade de Montes Claros no dia 16 de julho.

É raro um bebê se contaminar com o novo coronavírus. Segundo as estatísticas oficiais do governo de Minas, apenas 0,3% dos pacientes diagnosticados com coronavírus no estado tinha menos de 1 ano.

 

Outras crianças

Três crianças de 2 a 8 anos também não sobreviveram à Covid-19 até este 21 de julho.

Em Ipatinga, uma criança de 2 anos morreu no dia 6 de julho por causa do novo coronavírus. No dia 30 de junho morreu uma criança de apenas 4 anos, moradora de Diamantina. Em Ribeirão das Neves, morreu no dia 22 de junho uma criança de apenas 8 anos.

Todas elas tinham alguma comorbidade ou fator de risco.

Depois delas, a vítima mais jovem foi uma adolescente moradora de Betim, também na região metropolitana. Ela tinha 14 anos de idade e estava internada em um hospital de São Paulo, à espera de um transplante cardíaco. Morreu no dia 3 de maio.

Até esta terça (21), 21 pacientes com até 25 anos já tinham morrido por causa da doença, em Minas Gerais. Se considerarmos os pacientes com até 35 anos, a Covid-19 fez 53 vítimas fatais.

 

Perfil dos pacientes

A doença atinge principalmente pessoas de 30 a 39 anos. A média de idade das pessoas que adoecem no estado é de 42 anos. Já as vítimas fatais têm média de idade de 69 anos. Os óbitos ocorrem principalmente (76%) entre pacientes com 60 anos ou mais.

 

Do G1