NO AR AGORA

Rádio Santana FM

Itaúna, 9 de maio de 2021

Esse projeto já havia sido negado anteriormente pelos vereadores – Foto Reprodução Internet

 

 

Em meio a diversas discussões ao longo da Reunião Ordinária da Câmara realizada nessa terça, 28/04, o polêmico Projeto de Lei que autoriza o empréstimo de R$15 milhões para asfaltamento das ruas da cidade e iluminação pública foi aprovado.

 

O PL nº 57/2021, que foi votado em regime de urgência solicitado pelo vereador Nesval Júnior, aprova o empréstimo de R$15 milhões para pavimentação asfáltica e para iluminação pública. Esse projeto já havia sido negado anteriormente pelos vereadores no dia 16 de março, mas voltou a ser discutido diversas vezes, até mesmo com marcação de reunião extraordinária, que foi cancelada.

 

O Prefeito Neider Moreira, autor da proposta, alegou na justificativa que “a referida obra de pavimentação asfáltica/recapeamento permitirá a melhora do trânsito dentro do perímetro urbano e a obra de modernização da iluminação pública em várias ruas do Município permitirá a troca das tradicionais lâmpadas de vapor de sódio, mercúrio por um sistema mais moderno ecológico e eficaz que são as lâmpadas de LED”.

 

Além do que já foi proposto, o PL conta, agora, com emenda, aprovada por unanimidade e proposta pelo vereador Gleisinho, que prevê a inclusão da pavimentação asfáltica em ruas que residem pessoas com deficiência, por fins de acessibilidade. Além dessa, os vereadores Kaio e Gustavo propuseram uma outra emenda ao projeto, e esta previa a captação pluvial da rua antes do processo de asfaltamento, todavia, a emenda foi rejeitada.

 

Votaram a favor da proposta de Lei os vereadores Joselito, Tidinho, Nesval, Gleisinho, Carol, Silvano, Lacimar e Giordane, vereador que tomou posse na segunda-feira, 26/04. Os vereadores Gustavo, Edênia, Márcia, Kaio, Antônio de Miranda e Ener votaram contra. O vereador Leo Alves se absteve e o vereador Da Lua estava ausente pois testou positivo para a Covid-19.

 

O Projeto segue para sanção do Prefeito.

 

Pronunciamento do Prefeito

 

Ainda sobre o PL nº 57, no dia 31/03, o Prefeito Neider Moreira se pronunciou em vídeo sobre, alegando que Itaúna está em dia com todos os pagamentos e que o dinheiro do empréstimo só poderia ser utilizado para a infraestrutura e não para a saúde, por exemplo. “Esse dinheiro é específico para infraestrutura, ele não pode, por exemplo, ser utilizado para a área da saúde, e fizemos a opção de concluir o capeamento necessário da cidade, modernizando as ruas, modernizando a parte de iluminação pública do município”, declarou o Prefeito.

 

 

Reunião que trataria sobre empréstimo de R$15 mi para asfaltamento é cancelada