Estado inicia projeto para desativar 26 lixões na região Centro-Oeste

5/04/2022 | Centro-Oeste

Projeto para desativar 26 lixões no Centro-Oeste de Minas é debatido em Divinópolis – Foto divulgação Estado MG

 

 

Minas Gerais se prepara para dar um salto ainda maior no fechamento de lixões no estado. Por meio de iniciativa inédita, o Governo Estadual apoia municípios para projeto de concessão dos serviços de coleta e destinação de resíduos sólidos urbanos do Consórcio Intermunicipal de Aterro Sanitário do Centro-Oeste Mineiro (Cias Centro-Oeste).

 

Composto por 35 municípios, o Cias, por meio da concessão dos serviços, encerrará 26 lixões na Região Centro-Oeste de Minas, beneficiando cerca de 600 mil pessoas.

 

O número de lixões em Minas foi reduzido de 360 para 308, nos últimos 3 anos, segundo informou o Governo Estadual. Na última quinta-feira (31), ocorreu em Divinópolis a primeira reunião referente à estruturação de Estudos de Viabilidade Técnica, Econômica e Ambiental (EVTEA) para a futura concessão.

 

O projeto será elaborado com recursos do Fundo de Estruturação de Parcerias Público-Privadas (FEP), da Caixa Econômica Federal. Para a elaboração do projeto, estima-se investimento de cerca de R$ 7,5 milhões.

 

O projeto deverá prever a implementação da rota tecnológica mais satisfatória e adequada às exigências legais quanto ao aspecto ambiental e de adequação à qualidade da prestação dos serviços à população.

 

A concessão dos serviços de coleta, transporte, transbordo, tratamento e destinação final ambientalmente adequada de resíduos sólidos será em 35 municípios que fazem parte do Cias Centro-Oeste, entre eles, Conceição do Pará, Divinópolis, Igaratinga, Leandro Ferreira, Maravilhas, Nova Serrana, Onça de Pitangui, Papagaios, Pequi, Pitangui, São Gonçalo do Pará e São José da Varginha.

 

 

Veja também