NO AR AGORA

Rádio Santana FM

Itaúna, 16 de setembro de 2019

Fonte: Portal Gerais

 

O ex-deputado estadual, Fabiano Tolentino (CDN) tomou posse na tarde desta quinta (29) como deputado federal. Como antecipado pelo PORTAL GERAIS, ele assumiu a vaga deixada por Bilac Pinto (DEM) que foi nomeado Secretário de Governo do governador, Romeu Zema (Novo). Tolentino era o segundo suplente.

 

O primeiro suplente, o tucano Marcus Pestana, decidiu não ocupar a cadeira. Ele disse que a decisão leva em consideração aspectos familiares, pessoais, políticos e profissionais.

 

Pronunciamento

Em pronunciamento, Tolentino disse que foi motivo de orgulho diante da eleição “complicada” assumir o cargo. Falou que a derrota também serviu para reavaliar prioridades e se transformar.

 

“A vida nos ensina, as vezes na dor. E é ai que aprendemos, neste ponto eu estava com a campanha muito corrida, sou presente nas cidades, e a gente vai esquecendo da família […] Deus me mostrou que tinha outros objetivos na vida e se não tiver preparado em todas as bases a gente não consegue atingir”, afirmou.

 

Tolentino também declarou ser uma pessoa diferente da data da derrota até o dia de hoje.

 

“O Fabiano que perdeu e está tomando posse é outra pessoa, é como se tivesse ressurgindo das cinzas, como Fenix, da derrota, chegando no sonho”, enfatizou.

 

Em referência ao primeiro suplente disse que ele teve “ombridade” de entender a situação. Desejou sorte a ele e também ao dono do mandato, o agora secretário de governo de Minas Gerais.

 

Com a posse, Divinópolis passará a ter dois representantes na Câmara Federal: Tolentino e Domingos Sávio (PSDB).