NO AR AGORA

Rádio Santana FM

Itaúna, 14 de junho de 2021

impostos carros eletricos

 

 

 

 

A Camex (Câmara de Comércio Exterior) aprovou uma resolução nesta terça-feira (27) zerando a alíquota do imposto de importação para carros elétricos. O percentual anterior pago pelos importadores desses veículos era de 35{4f38b4b7d8b4b299132941acfb1d57d271347fbd28c4ac4a2917fcb5fee07f0b}.

A medida é um incentivo fiscal dado pelo governo ao segmento de veículos menos poluentes. Segundo a Camex, a decisão foi tomada após debates e visa permitir que consumidores possam ter mais acesso a esse tipo de carro, além de permitir que o país tenha maior contato com a tecnologia.

“Tais medidas estão alinhadas à política de fomento para novas tecnologias de propulsão e atração de novos investimentos para produção nacional desses veículos”, disse em nota a Camex, que é formada pelos ministros da Indústria e Comércio Exterior, Casa Civil, Fazenda, Relações Exteriores, Planejamento, Agricultura, Desenvolvimento Agrário.

O órgão também decidiu ampliar a resolução e incentivar algumas categorias de veículos híbridos com tecnologia de recarga externa e capacidade para até seis ocupantes. Hoje a carga tributária de importação desses carros é de 35{4f38b4b7d8b4b299132941acfb1d57d271347fbd28c4ac4a2917fcb5fee07f0b}. Com a resolução, os veículos terão imposto variando entre zero e 7{4f38b4b7d8b4b299132941acfb1d57d271347fbd28c4ac4a2917fcb5fee07f0b}.

Nesses casos, o que vai determinar a carga tributária será a descrição do destaque-tarifário, além da eficiência energética do carro e a agregação de valor no país.