Defesa Civil mantem Gruta fechada temporariamente

11/02/2022 | Itaúna

Em 11 de janeiro, um deslizamento de terra derrubou arvores na Gruta – Foto Redes Sociais

 

 

 

Em comunicado, o Padre Everaldo Quirino, da Paróquia de Sant’Ana informa que a Gruta Nossa Senhora de Itaúna continuará temporariamente fechada.

 

De acordo com as recomendações da Defesa Civil, a interdição vem no sentido de alertar quanto aos riscos. O fechamento visa  buscar soluções, tentando minimizar os impactos causados pelas fortes chuvas do mês de janeiro e fevereiro deste ano de 2022.

 

“A nossa Paróquia prima pela segurança dos fiéis e, neste intuito, está empenhada em realizar todas as adequações necessárias. Para isso, contaremos com o apoio da empresa Terra Consultoria e Análises Ambientais, que avaliará o terreno e apresentará um projeto com as medidas saneadoras”, afirma o pároco.

 

Chuvas de janeiro

 

Em 11 de janeiro, um deslizamento de terra na rua de trás da gruta levou a Defesa Civil a interditar o local de grande religiosidade e reflexão, onde fica a imagem da Nossa Senhora de Itaúna,

 

O deslizamento de terra não afetou a parte do altar onde fica a imagem e nem das cadeiras. Na época o Pároco da Matriz, Padre Everaldo, juntamente com engenheiros e uma equipe de Meio Ambiente da Prefeitura de Itaúna analisaram os estragos.

 

 

 

Gruta de Itaúna é interditada após deslizamento de terra e queda de árvores

 

 

 

 

Veja também