NO AR AGORA

Rádio Santana FM

Itaúna, 28 de janeiro de 2020

Helênio Lara morreu em 31 de abril de 2016 deixando um legado com seu trabalho e saudades para aqueles que tiveram a oportunidade de tê-lo em suas vidas.

A partir deste sábado, 14 de dezembro, a Ponte da Comunidade de Lopes passará a se chamar Helênio Lara, em uma homenagem simbólica ao idealizador e ex-presidente da Rádio Santana FM – registrada sob o nome de Fundação Educativa e Cultural São Francisco. Helênio faleceu em 30 de abril de 2016, deixando um legado com seu trabalho e saudades para aqueles que tiveram a oportunidade de tê-lo em suas vidas.

A reconstrução da ponte teve início  em meados de outubro. As obras, que foram finalizadas em novembro, serão entregues oficialmente a população no próximo sábado, 14 de dezembro. A estrutura  já possuía mais de trinta anos  e cedeu no início do ano, durante um período chuvoso. Segundo o município, a demora para que a obra fosse de fato iniciada se deu pelo Governo do Estado no processo de liberação de novos tubos ármcos. No local, foi realizada a substituição dos tubos metálicos de passagem de água que dá acesso à comunidade dos Lopes.

O nome foi dado por meio do Projeto 172/2019, que prevê que a Administração Pública Municipal providenciará a colocação de placas indicativas, bem como a comunicação à Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos, o Serviço Autônomo de Água e Esgoto de Itaúna e a Companhia Energética de Minas Gerais . As despesas decorrentes desta Lei correrão por conta  do orçamento vigente do Executivo Municipal.

Na justificativa, foi contada um pouco da história deste ilustre itaunense:

Helênio Antônio Lara, filho de Francisco Lara e Maria Lara, itaunense, casou-se com Jane
Miriam Campos de Freitas. Como fruto do casamento Helênio e Jane tiveram três filhos, Sarah
Júlia Campos de Freitas, Sophia Júnia Campos de Freitas Lara e Samuel Henrique Campos Lara.
Na região das Tocas, Helênio e seus irmãos trabalhavam na produção de carvão e
plantação de eucalipto, em um terreno da família. Helênio Lara era uma pessoa de personalidade
forte, de pouca conversa, sem muita delongas seguia direto ao assunto, apresentando muita das
vezes pouca paciência. Mas quem teve o privilegio de conviver com ele pode perceber o homem
de bom coração que era caridoso e protetor dos amigos.

Sempre preocupado com as causas sociais e ajudava a quem o procurava.
Apaixonado por comunicação fundou a Fundação Educativa e Cultural São Francisco,
mais mantenedora da Rádio Santana. No decorrer da vida Helênio Lara que era graduado em
engenharia, era muito detalhista, gostava das coisas bem organizadas e de um bom planejamento,
e se não bastasse ele era um grande sonhador. Assim desenvolveu sua segunda paixão que foi o
projeto de construção de sua aeronave a PU-HLA, um monomotor para dois tripulantes. O
projeto levou muitos anos para ser desenvolvido, passando por diversos processos de montagem,
no fazendo e refazendo até que fosse liberado a aprovação oficial da Agência Nacional de
Aviação Civil, a ANAC.

Uma outra paixão de Helênio, era a política, ele sempre se sentia a vontade em discutir os
pros e contra de cada situação sendo no âmbito municipal, estadual ou federal. Politicamente
desenvolveu um trabalho grande na zona rural, atuando no Sindicato Rural e na Coperativa. Foi
servidor publico municipal nas administrações do ex-prefeito Osmando Pereira, em uma da
administração do Osmando, Helênio desenvolveu um trabalho para alargamento das estradas da
zona rural.

Dentro do MDB em 2015 Helênio desenvolveu um trabalho partidário onde aglutinou
vários filiados em torno de uma aliança politica que fortalecia o seu nome para eleições de 2016
mas em 30 de Abril do mesmo ano, Helênio, aos 55 anos, nos deixou, após sofrer um acidente
com sua aeronave, durante um voo a passeio com seu filho Samuel. Uma partida inesperada que
abalou a todos familiares, amigos, imprensa e o meio político de Itaúna.