NO AR AGORA

Rádio Santana FM

Itaúna, 14 de agosto de 2020

 

Um trabalho que envolveu muitas autoridades e que pode enfim ser entregue a comunidade itaunense.Diversas lideranças estiveram em Itaúna na noite de sexta-feira (7), prestigiando a cerimônia. O local recebeu o nome de Josias Gambarelli, homenageando o antigo administrador da Casa de Caridade, falecido em um acidente automobilístico anos atrás. O trabalho para concretização desta demanda durou quase uma década, contando com apoio direto e indireto de várias representações.

O centro foi habilitado pelo Ministério da Saúde como Unidade de Assistência de Alta Complexidade em Oncologia (UNACON) e ficará responsável por atendimentos de alta complexidade da microrregião (Itaúna, Itatiaiuçu, Itaguara e Piracema) e outras microrregiões de saúde da Região Ampliada Oeste.

Cerca de 230 pessoas estão em tratamento oncológico atualmente na cidade, em diferentes estágios da doença. Serão liberados recursos na ordem de R$ 5.066.619,60 anuais para custeios da unidade.

De acordo com o Secretário de Estado de Saúde, Carlos Eduardo Amaral, “Itaúna passa a ocupar agora um outro patamar, uma vez que a Casa de Caridade passa a ser um hospital regional. O orçamento médio, com verbas públicas, deve superar os R$ 30 milhões. Deixo aqui os cumprimentos às autoridades e lideranças municipais, desejando que este Centro colabore para um tratamento digno aos pacientes da cidade e região”, afirmou. Pacientes que necessitarem de tratamento com radioterapia continuarão sendo encaminhados para Divinópolis, que conta com aceleradores lineares (aparelhos de alto custo).

O local permitirá a realização de quimioterapia e cirurgias em casos específicos.