NO AR AGORA

Rádio Santana FM

Itaúna, 1 de dezembro de 2020

Formiga tem o melhor desempenho em educação na região Centro-Oeste, Itaúna aparece na 98ª posição dentre as 500 melhores do Brasil

 

Quando o assunto é Educação, algumas cidades brasileiras ganham destaque por seu desempenho bem acima da média nacional em oportunidades na área.  No entanto, elas são exceção no contexto brasileiro, segundo dados do Índice de Oportunidades da Educação Brasileira (IOEB), elaborado pelo Centro de Liderança Pública (CLP).

 

O índice leva em conta a qualidade da formação dos professores nas escolas, a média de hora aula por dia, a experiência dos diretores no cargo e o atendimento na rede de educação infantil.

 

Considerando todas as redes municipais de ensino — público ou privado — onde estudam todas as crianças e adolescentes em idade escolar (0 a 17 anos), o país ainda deixa a desejar. A nota geral do Brasil é de apenas 4,5 pontos em uma escala de 0 a 10.

 

As cidades que você vê nesta lista superam a média nacional, mas ainda estão longe do ideal. Entre elas aparecem alguns municípios do Centro-Oeste Mineiro, como Formiga que ocupa a 81ª do ranking geral com 5,4 pontos. Com a mesma pontuação também aparecem Itaúna em 98ª posição e Martinho Campos em 100ª.

 

Também estão entre as 500 cidades com melhores índices em educação, Piumhi (166ª); Córrego Fundo (184ª); Lagoa da Prata (217ª); todas com 5,3 pontos. Já Passa Tempo (238ª); Itapecerica (259ª); Oliveira (284ª); Pedra do Indaiá (327ª) conquistaram 5,2 pontos. Pará de Minas (398ª); Perdões (415ª); Papagaios (419ª) e Pimenta (493ª) conseguiram 5,1 pontos.

 

Para ver 500 cidades que, ainda estão longe do ideal, mas oferecem mais oportunidades educacionais do que a média do Brasil clique aqui.