Homem e mulher são presos por estelionato

5/10/2020 | Itaúna, Polícia

 

Foto reprodução

 

Um homem de 23 anos e uma mulher de 21 foram presos neste fim de semana por estelionato, após pegarem uma corrida de aplicativo e não pagar.

De acordo com a Polícia Militar, em Itaúna, os militares foram acionados por um motorista de Uber da cidade de Belo Horizonte na tarde deste domingo 04/10, que relatou que por volta das 16:45h, um casal o contratou para uma corrida da capital mineira até a Rua Bonfim em Itaúna, pelo valor de R$282,00.

Ainda segundo o motorista, quando chegaram no endereço em Itaúna, o passageiro disse que adentraria na residência para apanhar o dinheiro, o motorista aguardou por um período de aproximadamente 40 minutos no local, sem ter resposta do casal.

Ao perceber que o passageiro não retornaria, o solicitante seguiu em seu veículo para retorno a Belo Horizonte, quando no decorrer do deslocamento, avistou o autor em um apartamento localizado a Rua Santana no Bairro das Graças.

De imediato a vítima chamou no interfone do apartamento, que não foi atendido. Em seguida ligou então para a Polícia Militar. No apartamento, os militares foram recebidos pela mulher de 21 anos, acompanhante do autor, que tentou impedir a ação da Polícia Militar relatando que seu companheiro não se encontrava, sendo presa em flagrante delito.

Ainda no apartamento, a mãe do autor permitiu a entrada da Polícia Militar, quando após buscas o homem de 23 anos foi localizado e preso em flagrante delito, sendo ambos conduzidos na Delegacia de Polícia Civil. O pagamento do valor acordado pela corrida foi efetuado pela mãe do autor.

 

Por: Jornalismo Santana FM

 

 

Veja também