NO AR AGORA

Rádio Santana FM

Itaúna, 4 de agosto de 2021

pagina sangue

 

 

 

 

 

Três itaunenses – Carlos Teixeira, Washington Lima e Ramon Teixeira-  criaram a página “ Doadores em Ação” para incentivar a doação de sangue de um modo geral, não apenas em Itaúna.

A página foi lançada em março deste ano e um dos colaboradores  entrou em contato com a SANTANA FM para pedir o apoio de mais pessoas para aumentar os estoques de sangue dos hospitais. 

O setor do banco de sangue de Itaúna está com o estoque baixo.O ato de doar sangue é muito importante, pois pode salvar  vidas.Quem quiser ser um doador pode procurar o Hospital Manoel Gonçalves ou ligar no telefone  3249-5329 e procurar por Marilene. Toda sexta-feira sai uma Kombi para Divinópolis levando as pessoas que irão doar sangue.

 Tem que atender os seguintes requisitos:

– Estar em boas condições de saúde.

 Ter entre 16 e 69 anos, desde que a primeira doação tenha sido feita até 60 anos (menores de 18 anos, clique para ver documentos necessários e formulário de autorização).

 Pesar no mínimo 50kg.

 Estar descansado (ter dormido pelo menos 6 horas nas últimas 24 horas).

 Estar alimentado (evitar alimentação gordurosa nas 4 horas que antecedem a doação).

Apresentar documento original com foto emitido por órgão oficial (Carteira de Identidade, Cartão de Identidade de Profissional Liberal, Carteira de Trabalho e Previdência Social).

 Não pode doar  temporariamente:

Resfriado: aguardar 7 dias após desaparecimento dos sintomas.

Gravidez

 90 dias após parto normal e 180 dias após cesariana.

Amamentação (se o parto ocorreu há menos de 12 meses).

 Ingestão de bebida alcoólica nas 12 horas que antecedem a doação.

 Tatuagem nos últimos 12 meses.

 Situações nas quais há maior risco de adquirir doenças sexualmente transmissíveis: aguardar 12 meses.

 Acre, Amapá, Amazonas, Rondônia, Roraima, Maranhão, Mato Grosso, Pará e Tocantins são estados onde há alta prevalência de malária. Quem esteve nesses estados deve aguardar 12 meses.

-Não pode doar definitivamente

Hepatite após os 11 anos de idade. *

 Evidência clínica ou laboratorial das seguintes doenças infecciosas transmissíveis pelo sangue: Hepatites B e C, AIDS (vírus HIV), doenças associadas aos vírus HTLV I e II e Doença de Chagas.

 Uso de drogas ilícitas injetáveis.

 Malária.

 Hepatite após o 11º aniversário: Recusa Definitiva; Hepatite B ou C após ou antes dos 10 anos: Recusa definitiva; Hepatite por Medicamento: apto após a cura e avaliado clinicamente; Hepatite viral (A): após os 11 anos de idade, se trouxer o exame do diagnóstico da doença, será avaliado pelo médico da triagem.

– Respeitar os intervalos para doação

 Homens – 60 dias (máximo de 04 doações nos últimos 12 meses).

 Mulheres – 90 dias (máximo de 03 doações nos últimos 12 meses).