NO AR AGORA

Rádio Santana FM

Itaúna, 23 de abril de 2021

 

Atualização do 'Minas Consciente' desta terça-feira (16) — Foto: Governo de MG/Divulgação

 

 

Em reunião realizada nesta terça-feira (16), o Comitê Extraordinário Covid-19 decidiu por manter a macrorregião Oeste  (Divinópolis) na Onda Amarela por mais uma semana. O grupo ainda determinou a suspensão das cirurgias eletivas em todo o estado por 15 dias.

A macroregião oeste engloba as cidades da região incluindo Itaúna. Quando a macroregião e a micro (Itaúna) estão em ondas diferentes cabe ao município escolher em qual quer permanecer.

A permanência nesta fase é válida por uma semana a partir do próximo sábado (20). As classificações das microrregiões ainda não foram divulgadas

Estão na Onda Amarela: Oeste, Centro-Sul, Sudeste, Vale do Aço, Sul, Leste e Norte; na Vermelha: Triângulo do Norte, Triângulo do Sul, Centro, Jequitinhonha, Nordeste e Leste do Sul. Nenhuma região está na fase Verde.

Nesta terceira fase do Minas Consciente, todas as atividades ficam permitidas em todas as ondas, desde que cumpram algumas regras, como distanciamento e limitação máxima de pessoas :

 

 

Novas orientações do programa — Foto: Imprensa MG/Divulgação

Cirurgias eletivas

Sobre a suspensão das cirurgias eletivas para as redes pública e privada (contratada e conveniada com o Sistema Único de Saúde), o governo estadual ressaltou que a decisão não se aplica ao paciente cardíaco ou oncológico de maior gravidade.

 

“A medida tem como objetivo minimizar a sobrecarga no sistema de saúde para o atendimento de pacientes com covid-19. A ação também vai permitir que a secretaria tenha mobilidade no planejamento estratégico de readequação e redistribuição de pacientes, equipes médicas e equipamentos para regiões em que a incidência da doença está maior”, afirmou o chefe de gabinete da Secretaria de Estado de Saúde (SES-MG), João Pinho.

 

A decisão foi tomada para evitar o esgotamento da rede pública de assistência. Na última semana, Minas registrou aumento de 3,2% no número de casos e 4,1% nos óbitos pela Covid-19.

 

 

Minas ampliará suspensão de cirurgias eletivas para todas as cidades