NO AR AGORA

Rádio Santana FM

Itaúna, 2 de dezembro de 2020

A partir da próxima semana, entram em vigor as novas regras

 

O Comitê Extraordinário Covid-19 definiu, nessa quarta-feira (29), o avanço das macrorregiões de Saúde Triângulo do Norte, Centro-Sul e Oeste nas ondas do plano Minas Consciente. Na região Centro-Oeste, até terça-feira (28), tinham aderido ao plano: Araújos, Cana Verde, Córrego Danta, Córrego Fundo, Estrela do Indaiá, Moema, Pará de Minas e Santo Antônio do Monte. Hoje (30), Cláudio confirmou também a adesão.

A região Noroeste deverá regredir, para conter o avanço do vírus.

Com a decisão, as macrorregiões Triângulo do Norte e Oeste passam a seguir os protocolos da onda branca, que prevê a abertura de autoescolas, lojas de artigos esportivos e floriculturas. Já a região Centro-Sul avança para a onda amarela, quando é permitida a reabertura segura de salões de beleza, lojas de roupas, calçados, livrarias, papelarias, entre outros serviços.

A macrorregião Noroeste volta a seguir os protocolos da onda verde. Assim, devem funcionar apenas os serviços essenciais, como farmácias, supermercados e padarias.

 

Adesão

Até o dia 29 de julho, 302 municípios mineiros haviam aderido ao plano Minas Consciente, o que representa 35% do total. Ao todo, 7 milhões de mineiros já estão contemplados.

 

Novo Minas Consciente

A partir do dia 6 de agosto, as cidades mineiras deverão seguir as regras do novo Minas Consciente. O plano passou por uma reformulação, após consulta pública que contou com 630 contribuições, para atender melhor às necessidades dos municípios mineiros. Do Portal Gerais

 

 

 

 

Itaúna pode ter que aderir ao Minas Consciente, afirma Neider

 

Em vídeo publicado nas redes sociais, o Prefeito de Itaúna, Neider Moreira, comentou sobre os pedidos de reabertura de bares, restaurantes e clinicas de estética. Ele informou novamente que o retrocesso da flexibilização do funcionamento destes setores foi interrompida por causa de Ação Civil Pública do Ministério Público e disse que o município esta esperando a decisão a respeito desta ação.

Segundo o Prefeito, o Tribunal de Justiça mineiro acatou uma proposição do Ministério Público, que determina que apenas os municípios integrantes do Programa Minas Consciente poderão fazer flexibilizações no funcionamento do comércio, caso contrario teria de abrir apenas os serviços essenciais. ” O tribunal de Justiça caçou a autonomia dos municípios (…) Nós prefeitos estamos de mãos atadas”, afirmou.

 

 

 

 

 

Zema anuncia novo Minas Consciente, Itaúna pode aderir