NO AR AGORA

Rádio Santana FM

Itaúna, 20 de abril de 2021

Secretário acredita que efeitos da vacinação poderão ser percebidos na redução no número de internações 

 

 

O secretário de Estado de Saúde, Carlos Eduardo Amaral, afirmou que os primeiros efeitos da vacinação devem impactar na redução de internações em UTI, resultado previsto também para abril.

O mês de abril deve ser um marco no combate ao novo coronavírus em Minas. Durante entrevista coletiva, concedida nesta quinta (11), na Cidade Administrativa, o secretário de Estado de Saúde, Carlos Eduardo Amaral, apontou que em abril a maior parte da população idosa do estado deve ter sido vacinada.

“Se tudo correr bem, em março e abril, já teremos todas as doses para esses grupos prioritários”, projetou.

Ele acredita que os primeiros efeitos da vacinação poderão ser percebidos na redução no número de internações em UTI decorrentes de complicações da COVID-19.

“O que esperamos, do ponto de vista de ocupação da terapia intensiva, que é marcador do Minas Consciente, é, à medida que tivermos grupos prioritários ( acima de 60 anos vacinados já com a segunda dose), imunizados, podemos sim ter uma redução na taxa de ocupação”, disse.

O secretário ainda afirmou que para que a vacinação produza efeito na redução de transmissão da doença vai levar ainda um tempo.

“Falar sobre redução significativa no número de transmissão, número de casos, vamos precisar de um número maior de vacinados”, disse.

 

Por Uai