NO AR AGORA

Rádio Santana FM

Itaúna, 12 de dezembro de 2019

Nosso bebezinho está crescendo! Já começamos com a introdução alimentar, já fez seu primeiro aniversário, tem comido cada vez melhor no almoço e jantar! Será que ainda é necessário dar mamadeira após o almoço?

Primeiro passo para entendermos melhor esta questão é: nosso organismo necessita de ferro para produzir os glóbulos vermelhos, que são as células do sangue responsáveis pelo transporte do oxigênio. Se ingerirmos uma quantidade baixa de ferro ou se ofertamos uma quantidade baixa aos nossos filhos, ficamos sujeitos a desenvolver, entre outras doenças, um tipo muito comum de anemia chamada de anemia ferropriva ou anemia por deficiência de ferro.

Quais são os alimentos ricos em ferro? O ferro está presente na carne, em geral na carne vermelha; em verduras, especialmente naquelas bem “verdes“ como espinafre, couve, rúcula ou agrião, por exemplo. E no feijão de todo dia, uma fonte importante de ferro para os brasileiros. Portanto, podemos ver que ingerimos ferro principalmente na hora no almoço ou do jantar. Afinal, quase ninguém come espinafre ou rúcula no lanche, não é mesmo?

Alguns nutrientes facilitam a absorção do ferro, isto é, ajudam o ferro a sair do intestino e entrar no sangue. A vitamina C é um exemplo. Por isso, o consumo laranja, mexerica, abacaxi ou outras frutas cítricas fresquinhas são boas dicas para acompanhar as grandes refeições.

Por outro lado, outros nutrientes podem “atrapalhar” a absorção do ferro. E um deles é o cálcio, presente no leite. Isso mesmo! O cálcio dificulta a entrada de ferro no sangue. Por isso muitos entendem que tomar leite depois do almoço ou jantar “faz mal”. E devemos entender este “faz mal” como o prejuízo que acontece com a quantidade de ferro absorvida.

Para que isto não aconteça, recomenda-se que a ingestão de cálcio não aconteça entre 1 a 2 horas antes ou após as grandes refeições. Portanto, pessoas com anemia, crianças em fase de crescimento ou gestantes devem evitar tomar leite logo antes, depois ou junto com as refeições, pois este é um momento em que o organismo precisa de todo o ferro disponível. Não dá para desperdiçar! Ferro e cálcio são dois nutrientes fundamentais para nossa saúde. Mas ingeri-los juntos pode não ser uma boa ideia!

Vamos nutrir nossos filhos de forma potente! Mamadeira só se for longe do almoço e do jantar! #ficaadica

 

PRISCILA GUIMARÃES OLIVEIRA
Nutricionista – CRN 7748
Pós-graduada em Clínica Funcional
Pós-graduada em Esportiva Funcional