NO AR AGORA

Rádio Santana FM

Itaúna, 28 de maio de 2020

 

Em entrevista coletiva nesta quarta-feira (1), o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, disse que o número de casos oficialmente confirmados da Covid-19 no Brasil hoje é “muito menor” que o real devido à demanda reprimida de testes de diagnóstico a serem realizados.

“Há uma testagem represada, e esses números vão crescer muito até o fim de semana que vem. Está muito menor que os números que estão circulando na sociedade. Eu não tenho como estimar. O que aumenta em muito a necessidade de a gente ter muito mais cuidado para segurar (o isolamento social)”, disse Mandetta.

500 mil testes rápidos

Nesta quarta-feira, o Ministério da Saúde iniciou a distribuição dos 500 mil testes rápidos para diagnóstico de coronavírus (Covid-19). Este é o primeiro lote de um total de 5 milhões de testes rápidos adquiridos pela Vale e doados à pasta.

Do montante, Minas Gerais vai receber 50.920 testes rápidos e 4.584 testes RT-PCR, mais precisos, que identificam o novo coronavírus logo no início da doença. O teste é usado para diagnosticar casos graves de Covid-19. “Vamos investir muito na grande estratégia com os laboratórios privados, de fazer o drive-thru dos testes nas cidades com mais de 500 mil habitantes”, disse o ministro.

Por O Tempo