NO AR AGORA

Rádio Santana FM

Itaúna, 16 de setembro de 2019

Fonte: G1

 

Divinópolis, Formiga, Abaeté e outros 22 municípios do Centro-Oeste de Minas fazem parte do novo Mapa do Turismo Brasileiro, divulgado pelo Ministério do Turismo nesta semana. Ao todo, sete regiões turísticas do Centro-Oeste foram validadas pela pasta e incluídas na atualização da plataforma.

 

Desde janeiro deste ano, o governo federal trabalha para potencializar o turismo do Brasil com foco na efetiva geração de empregos e renda para a população e, assim, construir um novo Mapa do Turismo formado por todos os municípios que cumpriram os requisitos para compor o documento e assim ela possa receber incentivo financeiro da União.

 

Neste ano, as cidades contaram com novos critérios, compromissos e recomendações estabelecidas pelo Ministério do Turismo, entre elas a obrigação de participação em instância de governança e em Conselho Municipal de Turismo (COMTUR).

 

O Mapa destaca os municípios que adotam o turismo como estratégia de desenvolvimento e norteia a definição de políticas públicas para o setor. As cidades do Centro-Oeste que integram a lista estão presentes nas regiões:

 

  • Circuito Grutas de Minas da qual fazem parte Arcos, Formiga, Estrela do Indaiá, Martinho Campos, Pains e Pimenta;
  • Lago de Três Marias que conta com Abaeté e Serra da Saudade;
  • Campo das Vertentes que integra Carmo da Mata, Carmo do Cajuru, Carmópolis de Minas, Cláudio e Divinópolis;
  • Veredas do Paraopeba que conta com Itaúna e Mário Campos;
  • Vale Verde e Quedas d’água que integra Oliveira e Passa tempo; Guimarães Rosa da qual faz parte o município de Pompéu;
  • Nascentes das Gerais e Canastra que integra o município de São Roque de Minas.

 

 

Ações posteriores

 

 

Cada município vai trabalhar a Política de Regionalização do Turismo com suas potencialidades mediante o que tem a oferecer quanto a recursos naturais. O objetivo é descentralizar a política estadual de turismo de forma a integrar cidades de uma mesma região com afinidades culturais, sociais e econômicas para desenvolver e consolidar a atividade turística.

 

“A partir de agora os municípios passam a discutir entre si ações de marketing e projetos, além da realização de eventos que valorizem os atrativos regionais, culturais, paisagísticos, gastronômicos e religiosos, sendo o primeiro deles, o concurso de fotografias, dividido em duas etapas (municipais e final) a ser realizado ainda este ano”, disse ao G1, a coordenadora geral de Mapeamento e Gestão Territorial do Turismo, Ana Carla Moura.

 

 

Mapa do Turismo Brasileiro

 

As medidas para integrar os municípios ao Mapa do Turismo Brasileiro foram tomadas com base na estimativa de abertura de mercado, visando o aumento da competitividade do setor, estruturação e qualificação da oferta turística, promoção dos destinos, aquisição de parceria público-privado, bem como estímulo a novos negócios.

 

“Esta ação marca o momento em que, pela primeira vez, o Turismo tem sido destaque na agenda econômica do governo federal. Nesse sentido, o Ministério do Turismo acredita que o tempo do desenvolvimento chegou para o setor e por isso estamos visitando as regiões a fim de estimular os municípios a investirem fortemente em seus potenciais turísticos”, completou Ana Carla Moura.