Marinha e Corpo de Bombeiros fiscalizam lagos na região

15/04/2022 | Centro-Oeste

Lago das Roseiras em Divinópolis; imagem de arquivo – Foto Prefeitura de Divinópolis/Divulgação

 

Durante o feriado da Semana Santa, principalmente na sexta-feira (15), sábado (16) e domingo (17), muitos moradores da região Centro-Oeste de Minas buscam por locais turísticos e, de preferência, com água. Por isso, a fiscalização será redobrada em locais como o Lago das Roseiras que fica na divisa de Divinópolis e Carmo do Cajuru, e também no Lago de Furnas em Capitólio. A fiscalização será coordenada pelo Corpo de Bombeiros e Marinha do Brasil.

 

No Lago das Roseiras, segundo o Corpo de Bombeiros, haverá um monitoramento nas margens do lago onde costumeiramente várias famílias ficam acampadas com barracas. Caso o número de barracas seja alto, o Corpo de Bombeiros vai montar uma base na região.

 

Os militares vão fazer orientações preventivas e ficar de prontidão em caso de urgências como afogamentos.

 

Lago de Furnas

 

Marinha do Brasil fiscaliza embarcações no Lago de Furnas; imagem de arquivo – Foto Reprodução/Tv Integração

 

Outro destino turístico procurado pelos mineiros, é o Lago de Furnas em Capitólio. Por lá, onde existe a Delegacia Fluvial de Furnas (DelFurnas) da Marinha do Brasil, haverá fiscalização constante em diversas frentes de trabalho.

 

  • Serão verificados diversos itens de segurança da navegação das embarcações abordadas, como a documentação, a habilitação dos condutores;

 

  • A existência e o estado de conservação do material de salvatagem;

 

  • O comportamento da embarcação quanto às regras de navegação, se a atividade que a embarcação realiza está de acordo com a prevista no documento;

 

  • Se o condutor apresenta indícios de consumo de bebida alcoólica;

 

  • Além de monitorar o cumprimento de todas as regras dispostas no decreto municipal, que permitiu a reabertura dos cânions no dia 30 de março, após a tragédia que matou 10 pessoas.

 

  • Qualquer irregularidade na condução de embarcações é passível de multa, sendo o responsável autuado administrativamente pelo Agente da Autoridade Marítima.

 

Telefones para apoio e denúncias

 

A Marinha informou que pedidos de apoio e denúncias podem ser feitos pelos telefones 185, número para emergências marítimas e fluviais, além de pedidos de auxílio pelo (35) 3197-9890; contato com a DelFurnas, para outros assuntos, inclusive denúncias.

 

Por G1 

Veja também