NO AR AGORA

Rádio Santana FM

Itaúna, 6 de dezembro de 2020

Centro histórico de Diamantina, no Vale do Jequitinhonha – Foto: Juarez Rodrigues/EM/D.A Press

 

Entrou no boletim da Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais nesta sexta-feira, o caso do paciente mais jovem a morrer por COVID-19 no estado. A vítima, segundo o boletim divulgado hoje, é uma menina de 4 anos que morava na cidade histórica de Diamantina, no Vale do Jequitinhonha.

Segundo a planilha divulgada pela secretaria, a criança morreu nessa terça-feira, 30 de junho, e tinha uma comorbidade. No entanto, o levantamento não aponta quais doenças associadas acometiam os pacientes.

O boletim do coronavírus divulgado hoje mostra que o estado já registrou quatro óbitos de pessoas com idades entre 1 e 19 anos, mas a média de idade das 1.110 pessoas que morreram de março para cá é de 68 anos.

Segundo a prefeitura de Diamantina, este foi o primeiro óbito pela doença registrado no município, que tem 29 casos confirmados. A criança estava internada no Hospital Nossa Senhora da Saúde. Em um vídeo publicado no Youtube na terça, a secretária Municipal de Saúde, Liliane Carvalho, e a diretora da Irmandade Nossa Senhora da Saúde, lamentaram a morte da menina e prestaram condolências aos familiares.

“Eu queria deixar muito claro para a população que esse é o momento em que precisamos intensificar as ações em relação à COVID, o distanciamento social, a lavagem das mãos, para que a gente consiga enfrentar e passar por essa situação”, enfatizou Liliane Carvalho.

 

 

 

Do Uai