NO AR AGORA

Rádio Santana FM

Itaúna, 12 de agosto de 2020

Município ainda não sabe em qual onda a macro região vai se encaixar – Foto reprodução 

 

A adesão de Itaúna ao Programa Minas Consciente e a liberação da flexibilização  e abertura dos bares e restaurantes ainda não são certas.

Nesta quinta-feira, 30, a ABREHAS, Associação de Bares, Restaurantes e Hamburgueria de Itaúna se reuniu com o Prefeito Neider Moreira, entregando um projeto de decreto que ajudaria a retomada das atividades da categoria. Na publicação da Associação, foi afirmado que se houvesse a entrada na onda amarela seria possível a reabertura, desde que houvesse o aval do Governo do Estado. O município no entanto disse não poder afirmar em qual onda Itaúna se encaixaria.

 

O Coordenador do Procon, Erik Machado conta que muitas pessoas tem tido duvidas sobre o tema e que a abertura pode não acontecer:

 

“Muitos comerciantes donos de bares e restaurantes estão ligando no PROCON depois da entrevista do governador Romeu Zema, perguntando se dia 01/08, os bares vão poder abrir.

 

Mesmo Itaúna aderindo ou não no NOVO MINAS CONSCIENTE, a questão dos bares , restaurantes, clínicas de estéticas e templos religiosos estão sendo discutidas no JUDICIÁRIO, então ainda só terá uma resposta definitiva com o fim do processo na justiça” explica.

 

Questionada sobre o tema, a Prefeitura de Itaúna afirmou que ainda não sabe se com a adesão ao Minas Consciente seria possível  abrir bares, restaurantes e clínicas de estética.

 

“Ainda não sabemos. Não tivemos retorno da Secretaria Estadual de Saúde” disse a assessoria em resposta ao Jornalismo da Santana  FM.

 

Em relação a qual onda o município se encaixaria, foi informado que o estudo da Regional de Saúde  sobre o tema ainda não  foi concluído e afirmou que a adesão ou não de Itaúna ao programa vai depender dessa resposta:  “A Regional  ficou de fazer a classificação da nossa micro regional,  o que não ocorreu ainda”

 

Novo Minas Consciente

 

As novas regras anunciadas pelo governador Romeu Zema, na quarta-feira (29), para o “Minas Consciente” englobam redução das ondas e regras específicas para cidades com até 30 mil habitantes. Também há mudanças para atendimento de bares e restaurantes, que poderão ter consumo no local em cidades nas fases amarela e verde.

Além disso, os municípios poderão seguir normas específicas para a microrregião, ao invés da macrorregião. Contudo, o governo de Minas ainda não divulgou qual onda cada uma das 62 microrregiões devem seguir a partir da próxima quinta-feira 06/8.

 

Macroregião

 

A macrorregião de saúde do Oeste evoluiu para a Onda Branca do programa estadual “Minas Consciente”. Na região, os municípios que aderiram ao plano são: Araújos, Cláudio, Córrego Danta, Córrego Fundo, Dores do Indaiá, Estrela do Indaiá, Moema, Pará de Minas e Santo Antônio de Monte. Esta etapa permite a abertura de mais alguns setores de comércio e serviços

 

De acordo com o protocolo, a Onda Branca prevê a abertura de autoescolas, lojas de artigos esportivos e floriculturas. Nesta quinta-feira (30), a Prefeitura de Cláudio publicou um decreto anunciando a adesão ao plano.

 

 

Itaúna registra quarta morte por Coronavírus no mês de julho

 

Nesta sexta-feira 30/7, o município de Itaúna amanheceu com a triste notícia: mais uma morte por Covid-19 foi confirmada. É a quarta vida perdida por complicações com o vírus no mês de julho.

A vítima é um homem de 43 anos, itaunense, que estava internado no CTI do Hospital Manoel Gonçalves desde o dia 13 de julho e era portador de insuficiência renal grave.

 

 

Terceira Morte: Itaunense de 75 anos morre de Covid-19 

 

Itaúna confirmou em  22/07, o terceiro óbito por Coronavírus: Trata-se de um homem de 75 anos, portador de comorbidade, que estava internado no dia 06/07 no CTI do Hospital Manoel Gonçalves.

 

 

Os dois primeiros óbitos ocorreram no mesmo dia 

 

No sábado 04/07 : foram confirmadas duas mortes pelo vírus, um homem de 68 anos e uma mulher de 78 anos, ambos Itaunenses.

Segundo foi informado, a morte do homem ocorreu na tarde deste sábado, 04/07, as 13h05. A morte da mulher também aconteceu na tarde desse sábado.

De acordo com as autoridades, ambos os pacientes possuíam outras comorbidades, e por agravamento de seu estado de saúde em decorrência do contágio, acabaram falecendo.

 

 

Saiba mais:

 

Macrorregião Oeste poderá avançar no Minas Consciente