NO AR AGORA

Rádio Santana FM

Itaúna, 15 de novembro de 2019

Fonte: O Tempo

 

Os dois homens que estavam em estado gravíssimo no pronto-socorro do Hospital João XXIII, vítimas de uma explosão no vertedouro da lagoa da Pampulha em Belo Horizonte, no final de outubro, morreram.

 

Segundo a Fundação Hospitalar do Estado de Minas Gerais (Fhemig), que administra a unidade, o paciente de 47 anos morreu às 23h35 da última quinta-feira (31). Já Sebastião Pereira Ramos, de 56 anos, veio a óbito nesse sábado (2). Ambos estavam internados na Unidade de Tratamento de Queimados e, além das queimaduras, sofreram diversos traumas decorrentes da explosão.

 

Na última segunda-feira, dia 28 de outubro, uma terceira vítima, de 43 anos, já não havia aguentado os ferimentos e também morreu.

 

Relembre

 

Uma explosão na galeria do vertedouro da lagoa da Pampulha, na tarde de sexta-feira (25), atingiu cinco funcionários terceirizados da Prefeitura de Belo Horizonte (PBH) que trabalhavam no local realizando manutenção.

 

O ponto da explosão fica entre as avenidas Dom Pedro I e Antônio Carlos. Os feridos são todos homens estão conscientes e com queimaduras.

 

A perícia da Polícia Civil realizou trabalhos no local, mas disse o laudo que vai avaliar as causas da explosão tem previsão legal para ficar pronto em 10 dias, podendo ser prorrogado a depender da complexidade do caso.