NO AR AGORA

Rádio Santana FM

Itaúna, 1 de dezembro de 2020

recall veiculos 2015

 

 

 

O número de veículos chamados para recall no Brasil cresceu 85{4f38b4b7d8b4b299132941acfb1d57d271347fbd28c4ac4a2917fcb5fee07f0b} em 2015, segundo levantamento divulgado pela Fundação Procon-SP.

No total, 2.811.894 unidades foram chamadas para conserto, dentro de 116 campanhas. Em 2014, 1,51 milhão de veículos foram convocados, dentro de 96 campanhas.

A Land Rover e a Mercedes-Benz foram as que mais anunciaram recalls em 2015, com 9 campanhas cada uma, enquanto Volkswagen e Jeep ficaram em segundo lugar, com 8 chamados por defeitos.

Airbags
Por causa de um defeito nas unidades da fabricante japonesa de autopeças Takata, o sistema de airbag foi o que apresentou mais problemas: 1,36 milhão de carros entraram em recal apenas no ano passado.

O airbag da Takata pode lançar fragmentos de metal quando acionado e já está relacionado a 9 mortes no mundo. Em uma novela que se estende por anos ainda sem uma explicação exata dos motivos que causam a explosão de fragmentos metálicos, Honda, Toyota e Nissan disseram recentemente que não usarão mais os dispositivos da Takata em modelos futuros.

Segundo a agência Reuters, mais de 30 milhões de carros com o airbag mortal já foram chamados para recall no mundo inteiro. É o maior recall da história. Além dos 9 mortos confirmados, mais de 100 pessoas sofreram ferimentos devido a falha.

Todas as vítimas fatais estavam em modelos da Honda, mas Chrysler, Nissan, Subaru,Toyota e Mitusbishi já convocaram unidades pelo mesmo problema no Brasil. Os modelos chamados foram:
– Honda Accord, Civic, CR-V e Fit;
– Toyota Corolla, Fielder, Hilux, SW4 e RAV4;
– Nissan March, Versa, Frontier e Pathfinder;
– Subaru Impreza WRX;
– Chrysler 300C e RAM 2500;
– Mitsubishi Lancer Evo VIII e Evo IX.

Veja nos links abaixo o ano de fabricação de cada modelo envolvido. Os recalls começaram em 2013, mas alguns foram ampliados em 2014 e em 2015. Não há prazo para comparecer: a qualquer tempo a montadora é obrigada a verificar e sanar eventual defeito apontado em recall.

Mais informações sobre os recalls da Honda no Brasil
Mais informações sobre os recalls da Toyota no Brasil
Mais informações sobre os recalls da Nissan no Brasil
Mais informações sobre o recall da Subaru no Brasil
Mais informações sobre o recall da Fiat Chrysler no Brasil
Mais informações sobre o recall da Mitsubishi no Brasil