NO AR AGORA

Rádio Santana FM

Itaúna, 27 de novembro de 2020

menino mundo financiamento

 

 

 

Para se fortalecer na briga pelo Oscar de melhor animação, o diretor Alê Abreu, do filme brasileiro O Menino e o Mundo, decidiu fazer uma forte campanha de divulgação do filme nos Estados Unidos na reta final da disputa. Para concorrer com as outras animações, que possuem orçamentos milionários, e a pedido da distribuidora internacional do longa, a GKids, o cineasta decidiu recorrer ao financiamento coletivo, isto é, uma espécie de “vaquinha”, com doações de apoiadores que simpatizaram com o projeto, para arrecadar dinheiro para a campanha.

O projeto está na plataforma virtual Catarse, que promove a organização de campanhas de financiamento coletivo, o chamado crowdfunding. O objetivo da campanha é acumular 100.000 reais em contribuições, sendo que apenas nos dois primeiros dias as doações já chegaram em 49{4f38b4b7d8b4b299132941acfb1d57d271347fbd28c4ac4a2917fcb5fee07f0b} da meta. As pessoas que colaborarem com a vaquinha ainda ganham brindes, como postais, cadernos e o DVD com o filme, dependendo da quantia doada.