NO AR AGORA

Rádio Santana FM

Itaúna, 20 de abril de 2021

Coletiva sobre o retorno de Divinópolis para a fase mais restritiva do plano – Foto: Prefeitura de Divinópolis/Divulgação

 

 

As microrregiões de Divinópolis, Piumhi e Bom Despacho, que representam pelo menos 20 cidades no Centro-Oeste de Minas, regrediram para a Onda Vermelha do programa “Minas Consciente”. A atualização do Comitê Extraordinário da Covid-19 ocorreu na noite desta quarta-feira (13), e passa a valer no sábado (16).

Caso as ondas indicadas para as macro e microrregiões sejam diferentes, caberá ao prefeito de cada uma das cidade optar por qual das duas recomendações seguir. As informações são divulgadas semanalmente no site do “Minas Consciente”.

 

Microrregião de Divinópolis regrediu para a onda vermelha

 

A microrregião de Divinópolis regrediu para a onda vermelha do programa Minas Consciente. A informação foi confirmada, nesta quinta-feira (14/01), pela Secretaria de Estado de Saúde (Ses). O Comitê Municipal de Enfrentamento à COVID-19 se reuniu às 16h, após a reunião, às 14h, do Comitê Extraordinário COVID-19 do governo do estado.

A previsão é que a cidade volte a fechar a atividade comercial, mantendo apenas os serviços essenciais. Como a macrorregião também está na onda vermelha, as restrições devem durar cerca de 14 dias. O decreto com novas medidas deve ser divulgado apenas após o encontro do Comitê Municipal. A microrregião de Divinópolis está com 20 pontos, o mínimo para regredir para a fase mais restritiva do plano.

Na semana passada, o prefeito Gleidson Azevedo (PSC) havia antecipado que se a micro migrasse para a onda vermelha que mandaria fechar, novamente, a cidade.

“Se a gente tiver que ir para a onda vermelha, vai para a onda vermelha, pode vir para a porta da prefeitura, gastar a buzina, pode dançar e sambar na porta da prefeitura que a gente vai cumprir a legalidade. Não vou fugir da legalidade”, declarou o prefeito na ocasião.

 

 Divinópolis irá retornar para a Onda Vermelha a partir de segunda-feira

 

Divinópolis voltará para a Onda Vermelha do programa “Minas Consciente” na próxima segunda-feira (18), segundo a Prefeitura. O anúncio foi feito nas redes sociais do Executivo na noite desta quinta (14) e também durante coletiva de imprensa.

Um novo decreto com orientações para a Onda Vermelha em Divinópolis deve ser publicado nos próximos dias.

 

 

Microregião de Itaúna esta na onda vermelha desde outubro de 2020

 

No ultimo comunicado do dia 02/01,o Prefeito de Itaúna, Neider Moreira fez críticas ao Minas Consciente – Foto Adilson Nogueira

 

A microregião de Itaúna também esta na onda vermelha desde outubro de 2020. A micro de Itaúna inclui os municípios de Itatiaiuçu, Itaguara e Piracema, além de Itaúna.

No ultimo vídeo comunicado gravado pelo Prefeito de Itaúna, no dia 02/01/2021, Neider Moreira fez críticas ao programa Minas Consciente do Governo de Minas e decidiu manter o comercio aberto, mesmo com as duas regiões de Itaúna na onda vermelha. Quando a micro e macro estão em ondas diferentes, o comitê local pode escolher em qual onda ficar.

 

 

 

Microrregiões

 

Vermelha

 

Micro de Divinópolis: Araújos, Carmo do Cajuru, Cláudio, Divinópolis, Itapecerica, Perdigão, São Gonçalo do Pará, São Sebastião do Oeste;

Micro de Piumhi: Capitólio, Doresópolis, Piumhi, São Roque de Minas;

Micro de Bom Despacho: Bom Despacho, Dores do Indaiá, Estrela do Indaiá, Luz, Martinho Campos, Moema, Serra da Saudade;

Micro de Itaúna: Itaúna, Itaguara, Itatiaiuçu, Piracema;

 

Amarela

 

Micro de Oliveira: Carmo da Mata, Carmópolis de Minas, Oliveira, Passa Tempo, Santo Antônio do Amparo, São Francisco de Paula;

Micro de Pará de Minas: Conceição do Pará, Igaratinga, Leandro Ferreira, Nova Serrana, Onça de Pitangui, Pará de Minas, Pitangui, São José da Varginha;

Micro de Formiga: Bambuí, Córrego Danta, Córrego Fundo, Formiga, Iguatama, Medeiros, Pains, Pimenta;

 

Verde

Nenhuma micro está na Onda Verde, segundo atualização desta semana, feita pelo Estado.

Macrorregião

‘Minas Consciente’ em 13 de janeiro – Foto: Governo de MG/Divulgação

 

A macrorregião Oeste passou a seguir as determinações da Onda Vermelha a partir do dia 30 de dezembro. Para avançar para a Onda Verde, a menos restritiva, as cidades precisam estar há 28 dias consecutivos na fase Amarela, sem sofrer retrocessos durante esse período.

As seguintes atividades podem funcionar na Onda Vermelha, segundo atualização do governo estadual nesta quarta-feira (13). Saiba mais no site do “Minas Consciente”.

  • Supermercados, padarias, lanchonetes, lojas de conveniência;
  • Bares e restaurantes (somente para delivery ou retirada no balcão);
  • Açougues, peixarias, hortifrutigranjeiros;
  • Serviços de ambulantes de alimentação;
  • Farmácias, drogarias, lojas de cosméticos, lavanderias, pet shop;
  • Bancos, casas lotéricas, cooperativas de crédito;
  • Vigilância e segurança privada;
  • Serviços de reparo e manutenção;
  • Lojas de informática e aparelhos de comunicação;
  • Hotéis, motéis, campings, alojamentos e pensões;
  • Construção civil e obras de infraestrutura;
  • Comércio de veículos, peças e acessórios automotores;
  • Além de qualquer atividade que possa ser feita a distância, por delivery ou sem a entrada dos consumidores nos estabelecimentos.

 

Com o G1 / Portal Gerais 

 

Macrorregião de Itaúna permanece na onda vermelha