NO AR AGORA

Rádio Santana FM

Itaúna, 20 de junho de 2021

papa conversa religioes

 

 

 

O papa Francisco viajará a Sarajevo em uma visita relâmpago destinada a promover a convivência dos povos e das diferentes religiões na Bósnia, vinte anos depois do fim da guerra.

“Venho entre vocês (…) para sustentar o diálogo ecumênico e interreligioso e, sobretudo, para encorajar a convivência pacífica em seu país”, escreveu o Papa em uma mensagem dirigida na segunda-feira aos habitantes de Sarajevo.

Com esta viagem a um país balcânico da “periferia” da Europa, o pontífice argentino reafirma seu compromisso com a coexistência de povos e religiões, após a visita há oito meses à Albânia.

O poder tanto na Albânia quanto na Bósnia está dividido entre representantes com tradições religiosas diferentes.

A Bósnia, país de 3,8 milhões de habitantes, é composta por duas entidades: a República Srpska, com maioria de sérvios (cristãos ortodoxos), e a federação croata-muçulmana, na qual os muçulmanos superam em número os croatas católicos.

A presidência bósnia é ocupada de maneira alternada a cada oito meses entre um representante sérvio, um muçulmano e um croata. O Papa se reunirá durante a manhã com a chefia do Estado, exercida atualmente pelo representante sérvio.