NO AR AGORA

Rádio Santana FM

Itaúna, 18 de junho de 2021

 

– A determinação vale até segunda-feira 07/06 – Foto reprodução

 

 

Decreto publicado nesta quarta-feira 02/06, com medidas preventivas à Covid-19, proibiu a venda e o consumo de bebidas alcoólicas em Pará de Minas. A determinação vale até segunda-feira 07/06. A cidade está na Onda Vermelha do Programa Minas Consciente.

 

Estão proibidas as vendas em bares, restaurantes, supermercados, distribuidores de bebidas e lojas de conveniência e o consumo em locais públicos e comércios.

 

Os estabelecimentos deverão isolar e sinalizar refrigeradores e outros locais onde estejam as bebidas alcoólicas.

 

Caso a fiscalização flagre o descumprimento das medidas, serão tomadas medidas administrativas e penais. A norma prevê ainda detenção, de um mês a um ano, e multa e, no caso de funcionário público, detenção, de 15 dias a seis meses, e multa.

 

Outras determinações

 

O decreto também proíbe a realização de eventos em estabelecimentos, casas, sítios e chácaras. A prática de esportes coletivos não profissionais também foi vedado. Os Alvarás de Funcionamento de locais que podem ter atividades com aglomeração foram suspensos até segunda-feira:

 

  • Casas de shows e eventos de qualquer natureza
  • Boates danceterias e salões de dança
  • Casas de festas e eventos
  • Feiras, exposições, congressos e seminários
  • Teatros, clubes de serviço e de lazer
  • Parques de diversão e temáticos
  • Hotelzinhos
  • Clínicas de estética, salões de beleza, barbearias poderão funcionar desde que o atendimento seja individual e por agendamento.

 

Academias, centro de ginástica e estabelecimentos de condicionamento físico não poderá oferecer atendimento coletivo. Ele deverá ser individual e, tanto professor quanto aluno, deverão usar máscaras.

 

Bares, restaurantes, lanchonetes e lojas de conveniência poderão funcionar das 6h às 22h30 com número de clientes restrito a 40% da capacidade máxima. No caso de self-service, o cliente deverá ser feita a higienização com álcool em gel, usar máscara e luvas descartáveis. Está proibido o uso de mesas, cadeiras ou bancos na parte externa dos estabelecimentos.

 

Os templos religiosos poderão funcionar com o número restrito de 25% da capacidade máxima de fiéis. Deverá ser mantido o distanciamento mínimo de 1,5 metros, uso obrigatório de máscara, disponibilização de álcool em gel. Os equipamentos, mesas, cadeiras e bancos deverão ser higienizados.