NO AR AGORA

Rádio Santana FM

Itaúna, 18 de junho de 2021

atleta itaunense selecao

 

 

 

Pela segunda vez Itaúna terá um representante na Copa América de Futebol para Amputados. Exemplo de dedicação ao paradesporto no município e como servidor público da Prefeitura há 20 anos, José Antônio Teixeira, mais conhecido como Tinoco, é um dos convocados pela Seleção Brasileira, para buscar o tricampeonato da Copa América, que será disputada no México.

Além do orgulho de ter um paratleta itaunense representando o Brasil, o município tem mais um motivo para comemorar. Através do Projeto de Apoio ao Atleta Itaunense,desenvolvido pela Secretaria Municipal de Esportes e lazer, a Prefeitura pôde ajudar Tinoco a realizar seu sonho. Apesar de representarem a nação, são os próprios paratletas que têm que arcar com os custos da viajem, apenas a hospedagem é gratuita, bancada pela organização do evento. Cada passagem custa cerca de R$ 3 mil, foraoutros custos da viajem. Nessa quarta-feira, 11/11, veio a boa notícia, a proposta do paratleta foi aprovada pelo Conselho Municipal de Esportes e Tinoco receberá R$ 2 mil da Secretaria de Esportes para disputar a competição.

“Fiquei muito feliz com o resultado. A expectativa é muito grande, é a primeira vez que vou sair do país e é para representar a Seleção Brasileira. Você nunca deve desistir dos seus sonhos, eu nunca desisti. Não é porque você tem uma deficiência que a vida acaba,pelo contrário, o rumo que sua vida vai tomar só depende de você. Aliás, isso vale para todo mundo. Eu nunca deixei de fazer nada por causa da minha deficiência ou desisti de alguma coisa e, se possível, ainda quero mais”, comentou Tinoco. Para completar a quantia necessária, o paratleta vendeu rifas.

A trajetória de Tinoco pela Seleção Brasileira é positiva. Em 2013 ele ajudou o Brasil ase tornar bicampeão da Copa América, em Cataguases, Minas Gerais. “Este ano, acredito que nossa maior dificuldade será o time de Gana, a equipe é jovem. Lá tem um histórico grande de conflitos que deixou várias pessoas jovens amputadas”, relatou o paratleta. Acompetição será realiza de 21 a 29 de novembro. Tinoco viaja na próxima sexta-feira, 20/11.

Começo no futebol para amputados

Tinoco teve a perna amputada aos sete anos de idade, após ser atropelado por um caminhão. “Sempre pratiquei esporte e após o acidente, logo que comecei a me adaptar as muletas, fui chamado pelo pessoal para jogar bola, eu fui e nunca mais parei. O esporte na minha vida é tudo, é bom demais. Toda vez que conheço algum amputado, ou com outra deficiência procuro incentivar e trazer para o esporte”, contou.

Hoje, aos 50 anos, Tinoco soma conquistas no futebol para amputados. A primeira convocação foi para jogar na Associação Mineira de Desporto para Amputados (AMDA), em 2005, onde ele joga até hoje. Já em 2013 veio a primeira convocação para a seleção Brasileira e o título da Copa América. Com a AMDA conquistou o Campeonato Mineiro de Amputados em 2007, 2008, 2009 e 2010. Em 2013 e 2014 ajudou a equipe a ficar em 3º lugar na Copa do Brasil e em 2015 foi vice-campeão do Campeonato Paulista e do Campeonato Brasileiro.

Agora é torcer pela seleção e pelo Tinoco, para que o futebol de amputados conquiste mais um título e também reconhecimento e apoio em todo o país.

Projeto de Apoio ao Atleta Itaunense

O requerimento de apoio é analisado e votado pelos membros do Conselho Municipal de Esportes – CME, formado por representantes da sociedade civil, da Câmara e da Prefeitura, em reunião ordinária que ocorre na segunda quarta-feira de cada mês. Os valores dos repasses são de acordo com a localidade. Para competições na região Centro-Oeste e grande Belo Horizonte o auxílio é de R$ 250,00. Nas demais regiões de Minas Gerais o repasse é de R$ 500,00. Para competições em outros estados o atleta recebe R$1.000,00, já para eventos internacionais o auxílio é de R$ 2.000. O Conselho pode conceder até R$ 4.000 por reunião. O Projeto atende apenas atletas de alto rendimento, que residem em Itaúna.