Paróquias divulgam programação da Semana Santa

14/04/2022 | Itaúna

Imagem da Igreja da Matriz em Itaúna – Foto Adilson Nogueira

 

Semana Santa, segundo a tradição da Igreja Católica Romana, começa com o Domingo de Ramos, quando Jesus entra em Jerusalém e é recebido com folhas de palmeira. Em Itaúna, após dois anos com restrições, as Paróquias da cidade retomam a programação completa de missas com público presente e os tradicionais ritos da última semana da quaresma

 

Paróquia de Santana

 

10 de abril – Domingo de Ramos

8h- Bênção de Ramos, no setor composto pelas comunidades: Nossa Senhora das Graças, São Judas Tadeu e São Vicente/Santa Terezinha. A cerimônia terá início na Vila Vicentina, situada na Rua Mirócles de Carvalho, 286, bairro das Graças, de onde sairá a procissão que seguirá para a Capela Nossa Senhora das Graças, onde será celebrada a Santa Missa, com solene proclamação da Paixão do Senhor.

 

8h – A cerimônia terá início na Praça Moacir Mariano, situada na Vila Tavares, de onde sairá a procissão que seguirá para a Capela Maria Mãe da Igreja, onde será celebrada a Santa Missa, com solene proclamação da Paixão do Senhor.

 

10h – Matriz de Sant’Ana, bênção de ramos, sem procissão (Rito de Entrada Solene) e celebração da Santa Missa com solene proclamação da Paixão do Senhor.

 

17h – Praça da Estação, solene Proclamação da Entrada Triunfal de Jesus em Jerusalém e Bênção de Ramos. Em seguida, Procissão de Ramos rumo à igreja Matriz de Sant’Ana, onde terá continuidade a celebração da Santa Missa com solene proclamação da Paixão do Senhor.

 

11 de abril – Segunda-feira Santa

 

19h –  Matriz de Sant’Ana, saída da Procissão do Depósito com a veneranda imagem do Senhor dos Passos para a comunidade Nossa Senhora de Itaúna (Gruta), onde se dará o Sermão do Pretório e a celebração da Santa Missa.

12 de abril – Terça-feira Santa

 

15h – Santa Missa e Sagrada Unção dos Enfermos, na Matriz de Sant’Ana e na Comunidade Nossa Senhora das Graças.

 

19h -Matriz de Sant’Ana, saída da Procissão doo Depósito, com a veneranda imagem de Nossa Senhora das Dores, para a Capela Nossa Senhora das Graças, onde haverá celebração da Santa Missa.

 

13 de abril – Quarta-feira Santa

 

19h – Gruta Nossa Senhora de Itaúna e na Comunidade Nossas Senhora das Graças, início da Celebração Eucarística (Ritos Iniciais e Liturgia da Palavra) e saída das procissões em direção à Matriz de Sant’Ana. O Encontro se dará no largo, defronte à Matriz, onde haverá continuidade à celebração da Santa Missa e reflexão sobre o Encontro.

 

14 de abril – Quinta-feira Santa

 

9h: Catedral Divino Espírito Santo, em Divinópolis, “Missa do Crisma”, presidida por Dom José Carlos e concelebrada por todos os padres da Diocese que, neste dia, renovam as promessas do Ministério Sacerdotal. Nesta Cerimônia, são abençoados os “Santos Óleos”, usados na celebração dos sacramentos.

 

19h30 – matriz de Sant’Ana e na comunidade Nossa Senhora de Itaúna (Gruta), solene celebração da Instituição da eucaristia e do Sacerdócio, com Cerimônia do lava-pés. No final da celebração, solene traslado do Santíssimo Sacramento para o altar da Adoração e vigília Eucarística até a meia-noite.

 

15 de abril – Sexta-feira Santa – Paixão de Nosso Senhor Jesus Cristo

 

6h – Caminhada Penitencial, com início na Matriz de Sant’Ana e encerramento na Capela Nossa Senhora do Rosário.

 

9h – no interior da Matriz de Sant’Ana, solene Ofício de Trevas.

 

13h30 – Vias-Sacras : Em torno da Praça Dr. Augusto Gonçalves , da Capela São Vicente/Santa Terezinha (B. Universitário) para a Capela Nossa Senhora das Graças.

 

15h – Matriz de Sant’Ana, Capela Nossa Senhora das Graças e Capela Maria Mãe da Igreja, solene Ação Litúrgica com Proclamação da Paixão, Veneração da Cruz e Comunhão Eucarística.

 

19h30- em frente à Matriz de Sant’Ana, Cerimônia do Descendimento da Cruz e, em seguida, Procissão do Enterro, com a veneranda imagem do Cristo Morto e da Senhora das Dores.

 

16 de abril – Sábado Santo

 

19h30 – Praça Dr. Augusto Gonçalves, Bênção do Fogo Novo, incisão do Círio Pascal, apresentação da Luz e início da procissão com o Círio Pascal ara a Matriz de Sant’Ana. Ao término da Procissão, solene Proclamação da Páscoa, Liturgia batismal e Liturgia eucarística.

 

19h30 –  Praça Meroveu Souza, Bênção do Fogo Novo, incisão do Círio Pascal, apresentação da Luz e início da procissão com o Círio Pascal para a Capela Nossa Senhora das Graças. Ao término da Procissão, solene Proclamação da Páscoa, Liturgia Batismal e Liturgia Eucarística.

 

Tragam suas velas para serem acesas no Círio pascal.

 

17 de abril – Domingo da Ressurreição – Páscoa do Senhor

 

6h – Matriz de Sant’Ana, início da solene e festiva procissão com o Santíssimo Sacramento. Após a procissão, Bênção do Santíssimo Sacramento e festiva Celebração Eucarística da Ressurreição do Senhor.

 

9h – Santa Missa na Capela Nossa Senhora das Graças.

 

9h-  Santa Missa na Capela Nossa Senhora do Rosário.

 

10h –  Santa Missa na Matriz de Sant’Ana.

 

19h – na Matriz de Sant’Ana e na comunidade Nossa Senhora de Itaúna (Gruta), festiva Celebração Eucarística do Triunfo.

 

24 de abril – 2º Domingo da Páscoa – Festa de Divina Misericórdia

 

15h –  Matriz de Sant’Ana, Santa Missa da exaltação da Divina Misericórdia

 

Paróquia Nossa Senhora da Piedade


 

Sagrado Coração de Jesus

Paróquia Nossa Senhora Aparecida

 

Paróquia São José

Paróquia Nossa Senhora de Fátima

Significado de cada dia

 

Domingo de Ramos

Festa cristã que celebra o episódio bíblico que narra a chegada triunfante de Jesus Cristo em Jerusalém, sendo saudado por ramos de palmeiras pelos seus seguidores. Não é feriado.

 

Segunda-feira Santa

Marca o acontecimento de alguns episódios bíblicos importantes para o cristianismo, como a parábola de Jesus limpando o Templo e Jesus amaldiçoando a figueira. Não é feriado.

 

Terça-feira Santa

Também conhecida como Grande e Sagrada Terça-feira. Não é feriado, sendo festejado apenas nas igrejas cristãs como outro momento que antecede a morte e ressurreição de Cristo.

 

Quarta-feira Santa

De acordo com as narrativas bíblicas, teria sido neste dia que Judas Iscariotes se ofereceu para entregar Jesus aos que planejavam matá-lo, em troca de dinheiro. Não é feriado.

Quinta-feira Santa

É quando se celebra a cerimônia do Lava-pés e a Última Ceia de Jesus Cristo com seus apóstolos, de acordo com os relatos bíblicos. Não é feriado, mas em muitas escolas não há aulas.

 

Sexta-feira Santa

Também conhecida como “Sexta-feira da Paixão”, esta data é feriado em quase todos os municípios brasileiros. Neste dia, os cristãos lembram a paixão e morte de Jesus Cristo.

 

Sábado de Aleluia (Sábado Santo)

Nesta data, a Igreja Católica faz a vigília pascal, onde é lembrada a “descida de Jesus à mansão dos mortos”. Não é feriado.

 

Domingo de Páscoa

O Domingo de Páscoa comemora a ressurreição de Jesus Cristo, de acordo com o catolicismo.

 

 

 

Veja também