Pedro Aihara disputará eleição pelo Patriota

30/06/2022 | Minas Gerais

O porta-voz do Corpo de Bombeiros de Minas Gerais, Pedro Aihara – Foto Ramon Bitencourt

 

 

O porta-voz do Corpo de Bombeiros de Minas Gerais e 1º tenente da corporação, Pedro Aihara, pediu para ser afastado do cargo para se candidatar a deputado federal nas eleições de outubro. A licença terá validade a partir do próximo dia 4 de julho.

 

Aihara disputará a eleição pelo Patriota, que espera que ele seja um puxador de votos e ajude a eleger outros candidatos. Nos últimos meses, o porta-voz participou e foi aprovado no processo seletivo do Partido Novo, mesma sigla do governador Romeu Zema, mas decidiu não se filiar à legenda.

 

O Aparte apurou que o diretório estadual do Novo em Minas tentou convencer Aihara a se candidatar pelo partido até o último momento, mas não obteve sucesso.

 

Além do tenente considerar que é preciso menos votos para se eleger pelo Patriota, um dos fatores que teriam pesado contra o Novo é que a sigla não utiliza o Fundo Partidário e o Fundo Eleitoral para ajudar no financiamento da campanha dos candidatos.

 

Pedro Aihara foi procurado, mas não retornou os contatos feitos pela reportagem. No Patriota, ele fará dobradinha com o também integrante dos Bombeiros, 1º sargento Robson Tadeu de Paula, candidato a deputado federal, que também será afastado.

 

Aihara era cotado para ser candidato desde setembro de 2021. O plano inicial era disputar uma vaga na Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) e não na Câmara dos Deputados. À época, ele disse à reportagem que se tratava apenas de uma possibilidade.

 

Pedro Aihara ganhou visibilidade pela atuação como porta-voz da corporação no rompimento da barragem em Brumadinho, no ano de 2019. Desde o final de 2021, ele é aluno do RenovaBR, organização cujo objetivo é formar lideranças políticas e qualificá-las para disputar as eleições. Um dos professores de Aihara no curso é o vereador de Belo Horizonte, Gabriel Azevedo (sem partido).

 

Além de Aihara e de De Paula, outros quatro militares serão afastados do cargo para disputarem as eleições, três deles no Bombeiros: o 2º tenente Gedaias Gomes Brandão será candidato a deputado federal pelo PRTB; o 3º sargento Rafael Felipe Santos Moreira será candidato a deputado estadual pelo PV, assim como o 3º sargento Ricardo Costa dos Santos Oliveira , que é filiado ao Republicanos. O 2º sargento da Polícia Militar, Jordão Vieira Silva, é filiado ao PSOL e candidato a deputado federal.

 

Por O Tempo 

 

 

 

Veja também