NO AR AGORA

Rádio Santana FM

Itaúna, 13 de abril de 2019

Uma aeronave de pequeno porte, de modelo francês Socata ST-10 Diplomate, com capacidade para quatro lugares, caiu por volta das 15h20 entre as ruas Minerva e Nadir, no bairro Caiçara, região Noroeste de Belo Horizonte, e deixou uma vítima fatal, o médico Francisco Gontijo, de 45 anos, que era dono da aeronave. O Corpo de Bombeiros foi ao local e constatou que o corpo foi completamente carbonizado após a explosão com a queda.

Testemunhas afirmam que o avião voava baixo pouco antes do acidente. Elas dizem ainda que ouviram um forte estrondo, provavelmente algum problema no motor, e que o piloto tentava retornar para o Aeroporto Carlos Prates, de onde havia saído, antes de colidir com fios da rede elétrica e parar no portão de uma residência.

Como muitos fios foram rompidos, além de um poste ter sido atingido, a Cemig preferiu desligar a rede de energia da região. No momento, quase todo o bairro já teve o fornecimento reestabelecido, mas para as ruas mais próximas ao acidente, a Cemig informa que não há uma previsão. Será preciso ver quais os reparos a serem feitos, e isso só vai ocorrer quando o Corpo de Bombeiros encerrar seus trabalhos.

 

O local da queda do avião é muito habitado, com muitos prédios, casas e escolas infantis, além de centros de compra, mas, felizmente, nenhum desses locais foi atingido.

Outros acidentes

No intervalo de um mês, em 2014, Belo Horizonte testemunhou a queda de dois aviões em áreas residenciais da capital mineira. No dia 29 de novembro, um monomotor caiu no telhado de uma casa do bairro Jardim Montanhês, logo após decolar do aeroporto Carlos Prates, levando um piloto e seu estudante.

Apenas 31 dias depois, no dia 30 de dezembro do mesmo ano, uma outra aeronave, também de pequeno porte, caiu na marginal do anel rodoviário. Transportando apenas o piloto, o avião sofreu a queda após uma tentativa de pouso mal sucedida no aeroporto Carlos Prates.

Em ambos os casos, os passageiros sobreviveram com ferimentos leves e ninguém mais foi ferido.