NO AR AGORA

Rádio Santana FM

Itaúna, 2 de dezembro de 2020

pimentel verba saude1

 

 

 

 

O governador Fernando Pimentel entregou, em Belo Horizonte, 155 veículos para a saúde no estado, entre os quais 17 ambulâncias. Foram investidos R$ 6,56 milhões pelo Tesouro Estadual na aquisição dos veículos que serão entregues para 112 prefeituras e cinco entidades não governamentais de 116 municípios em 11 Territórios de Desenvolvimento de Minas Gerais.

Ainda durante o evento, o governador assinou um despacho governamental definindo como prioridade a liberação de R$ 100 milhões em linhas de financiamento do Banco de Desenvolvimento de Minas Gerais para a reestruturação de hospitais filantrópicos que, em Minas, são responsáveis por mais de 50{4f38b4b7d8b4b299132941acfb1d57d271347fbd28c4ac4a2917fcb5fee07f0b} dos atendimentos realizados pelo Sistema Único de Saúde (SUS).

Os veículos foram entregues para municípios dos Territórios de Desenvolvimento Metropolitano, Oeste, Sul, Médio e Baixo Jequitinhonha, Caparaó, Vale do Aço, Mucuri, Mata, Triângulo Norte, Central e Sudoeste. O objetivo é proporcionar qualidade no transporte de pessoas com necessidades de tratamento médico, realização de exames ou de consultas, além de promover a assistência médica de caráter emergencial.

Dos 155 veículos, 17 são Doblô ambulâncias, 83 Fiat Palio, 53 Doblô Essence e dois Ducato minibus. Também receberam veículos as organizações não governamentais Associação Beneficente Paulo de Tarso (Belo Horizonte), Hospital de Cataguases, e Associações de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae) de Presidente Olegário, de Senador Firmino e de Viçosa.

Crédito

Durante a cerimônia, foram liberados R$ 100 milhões em recursos para os hospitais filantrópicos mineiros que prestem atendimento pelo SUS, possuam mais de 100 leitos e que tenham faturamento bruto anual superior a R$ 10 milhões. A ação é feita pelo BDMG em parceria com a Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais (SES-MG).

Os hospitais filantrópicos interessados deverão inscrever as suas propostas, até o dia 13 de maio, por meio do preenchimento de formulário que estará disponível no site do BDMG. Para conseguir o financiamento a instituição precisa comprovar ocupação mínima dos leitos do SUS de 50{4f38b4b7d8b4b299132941acfb1d57d271347fbd28c4ac4a2917fcb5fee07f0b} e fazer parte da Rede de Urgência e Emergência estadual e do Pro-Hosp, programas geridos pelo Governo de Minas Gerais.

Participaram da cerimônia o presidente da Assembleia Legislativa de Minas Gerais, Adalclever Lopes, o presidente da Associação Mineira dos Municípios (AMM) e prefeito de Pará de Minas, Antônio Júlio, o presidente da Fundação Hospitalar do Estado de Minas Gerais (Fhemig), Jorge Nahas, secretários de Estado, deputados federais e estaduais, prefeitos, vereadores e representantes das áreas da saúde nos municípios.